Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Clique e veja o que acontece

DO ANO 2016
O que mais gostei de escrever:

24.10.2016

Queria ser o pôr-do-sol
Da minha pele
Desnuda
No teu horizonte.
Fixar a âncora
No teu peito
De mar brando
E amar
...
Olhando a imagem
Ao relento
De nós.


Perfume da palavra

por Azoriana, em 13.08.17

A arte de escrever,
Meus amigos podem crer,
Não é algo incomum.
No entanto, se há empenho,
Adequa-se ao desenho
Da alma de cada um.

Quem gostar do que escreve,
Mesmo que seja ao de leve,
É meio caminho tido
P'ra se dar sem receber,
Numa oferta que é de ler,
Tudo o que tem produzido.

Se comunga inspiração,
E abraça a ocasião,
Nascem odes encantadas:
Basta ser o que se é,
Deixar voar sua fé,
Nas linhas que são criadas.

Pode ser mais popular,
Erudito ou singular,
Autenticidade pura;
Quem escreve o bem que sente,
Se pensado ou num repente,
Faz-se em alma da cultura.

Há mensagem que encima,
Ou serve a chave da rima,
Toada que vem no fim...
Por mim gosto de escutar
O que o coração ditar
Na hora que sai de mim.

Urge agora vos dizer
Que não vale acontecer
A frontal comparação:
Nem é bom, nem é ruim...
Nem as flores de um jardim
Tem exata floração.

Dizer mais até me atrevo,
E digo mais do que devo,
Porque o dever me assiste:
Quem brotar da sua lavra
O perfume da palavra
Certamente que ela persiste.

A palavra auspiciosa
Tem o perfume de rosa
No peito da escritura;
Regue essa palavra então
Com a fonte de inspiração
No corpo da assinatura.

Rosa Silva ("Azoriana")

P. S. O título só veio após as oito sextilhas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ofícios de menina

por Azoriana, em 13.08.17

Quando ainda era menina
Tive ofícios de rapaz;
Se fazê-los fui capaz
Tive a "escola" que ensina.

Ofícios de pequenina
Por vezes nem satisfaz;
Sem guerra, fui pela paz:
Mangual, enxada... E atina!

Rosa Silva, flor silvestre...
Sem dedos vi o meu mestre:
O meu pai que Deus o tenha!

Fui menina obediente,
Fazia tudo somente
Por respeito, outrora senha.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Santa Maria (Senhora, ilha e Mãe)

por Azoriana, em 12.08.17

Santa Maria, Senhora,
Ilha de ventura e graça,
E d'outra onde se faça
Louvor como faço agora.

Santa Maria, aurora,
Na imagem que se abraça,
No altar ou numa Praça,
Na medalha que se adora.

Santa Maria no desespero,
É que dá o são tempero
O amor e bom exemplo.

Santa Maria é a Mãe
Que ama os filhos que tem
E a visitam no Templo

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações