Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique e veja o que acontece


Grafologia

por Azoriana, em 12.04.04

Ao pesquisar num dicionário electrónico a palavra Grafologia, encontrei este significado: do Gr. graph, r. de graphein, escrever lógos, tratado; s. f., arte de conhecer o carácter de uma pessoa pelo exame da escrita. Continuando a pesquisa a Grafólogo: s. m., aquele que se dedica à grafologia.
Pois é, já tinha sentido isso como sendo um dom que algumas pessoas possuem. Eu, por exemplo, em determinadas ocasiões já me deparei a olhar para a escrita de alguns humanos e fez-me brotar o tal dom, que penso assistir-me desde os tempos de estudante, ou, se calhar, antes já o possuía e não estava desperta para isso. Foi nessa altura, precisamente, que manuseei alguns livros sobre este assunto. Gostei de ler alguns parágrafos, mas fiquei um bocado confusa das ideias e guardei na minha pequena biblioteca, para estar sempre a jeito de tentar aperfeiçoar-me nesta matéria.
No entanto, optei por colocar o estudo em "banho-maria", por tempo indeterminado, uma vez que esse "dom" só é utilizado em situações pontuais e temporais. Nem sempre estou com a tal inspiração.
Não me perguntem qual é a razão dessa atitude, porque nem eu própria a sei explicar. Talvez alguns peritos saberão analisar e explicar esta situação com a devida clareza e sabedoria.
Uma coisa parece-me acertada: até mesmo através do desenho dos menores de quinze anos, da posição das letras, numa folha, por parte dos adolescentes, na configuração da página de um qualquer adulto, na faixa etária dos 15 aos 64 anos, e na "trémula" ou quase "ausente" caligrafia ou escrita de um idoso com mais de 65 anos, consegue-se captar muito do carácter de cada um destes grupos.
Tudo isto é meu pensamento e até podem pôr em dúvida porque não é uma fórmula exacta ou ditada pelos especialistas conceituados, mas é simplesmente um dos meus gostos pessoais por esta arte. É caso para escrever: Bem vindos à "Grafolândia", palavra que não encontrei naquele dicionário: "Não foram encontradas quaisquer entradas ou detectadas formas", por isso desculpem a ausência do significado.
Azoriana

Autoria e outros dados (tags, etc)

7-4-2004 - Mensagem para todos

por Azoriana, em 12.04.04

DIA MUNDIAL DA SAÚDE

7 de Abril de 2004

O ACIDENTE RODOVIÁRIO É EVITÁVEL

Todos os anos, no dia 7 de Abril "Dia Mundial da Saúde -, a Organização Mundial da Saúde (OMS) comemora o aniversário da sua fundação, com um evento dedicado a um determinado tema de saúde.
O objectivo desta iniciativa é promover a sensibilização, a compreensão e o debate acerca do tema de saúde escolhido, e assim mobilizar as pessoas no sentido de promover as medidas necessárias à sua prevenção.
Para o presente ano de 2004, o tema proposto enquadra-se no âmbito da Segurança Rodoviária, sob o lema «O ACIDENTE RODOVIÁRIO É EVITÁVEL».
Portugal, na União Europeia, é o país que apresenta os piores indicadores no que respeita a acidentes rodoviários e às suas consequências (mortes, feridos graves, deficientes permanentes, feridos ligeiros, etc.).
Embora a Região Autónoma dos Açores apresente dados quantitativos melhores do que as médias nacionais, as consequências da sinistralidade rodoviária constituem, também entre nós, um importante problema de Saúde Pública.
Segundo dados da OMS, estima-se que em 2002 os acidentes de tráfego tenham causado cerca de 1,18 milhões de mortes e entre 20 e 50 milhões de lesões. Milhões de pessoas estiveram hospitalizadas durante vários dias, semanas ou meses, e possivelmente 5 milhões ficaram incapacitadas para o resto da vida.
Se a tendência actual se mantiver, em 2020 o número de mortes e incapacitados por lesões devidas a acidentes rodoviários aumentará em mais de 60%.
Os acidentes rodoviários afectam em particular jovens e pessoas em fase de vida activa e marcam de forma dramática e irreversível a vida de muitas famílias.
A Direcção Regional da Saúde, no âmbito das suas responsabilidades em matéria de promoção da saúde, preocupada com esta importante causa de morbilidade e de mortalidade, e visando contribuir para a reversão desta tendência actual, recomenda a todos que tenham um comportamento responsável, reduzindo o risco dos acidentes e das consequentes lesões.
Ter um comportamento responsável significa, nomeadamente:

  • Respeitar os limites de velocidade;
  • Evitar as manobras perigosas;
  • Nunca conduzir com um nível de alcoolémia acima do limite legal;
  • Usar sempre o cinto de segurança e proteger devidamente as crianças, mesmo em pequenos percursos;
  • Usar sempre capacete anti-colisão em veículos de duas rodas.

A Direcção Regional das Obras Públicas e Transportes Terrestres (DROPTT) irá promover, junto da população estudantil jovem, um concurso com o objectivo de a sensibilizar para a problemática da Segurança e da Prevenção Rodoviária, através da elaboração de trabalhos temáticos, que perspectivem novas abordagens sobre esta matéria.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações