Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique e veja o que acontece


Aproveitem a Vida!!!

por Azoriana, em 19.11.04

A todas as pessoas que me são tão queridas, que aqui entram e têm a paciência de ler os artigos que escrevo:
Aproveitem a Vida!!!

Irish Rose flower gifs

Esta passagem é tão estreita: um dia, uma noite, uma manhã...
Não é exagero o que aqui escrevi!?
Um dia somos felizes, um dia somos aprendizes...
Num dia,
Numa noite,
Numa manhã:
Tudo acontece...
Colhe uma flor, dá o teu amor, tenta parar as trevas da guerra.
Então dir-me-ás:
"Acreditas nisso! Grande é a tua utopia! Não vives neste mundo!? Que ingenuidade é a tua!?"
Responder-te-ei:
- Tens razão. É verdade!
Acho que não "vivo" neste mundo.
Vivo no meu sonho, no meu profundo sono,
deixo seguir o rumo de um dia, de uma noite e de uma manhã,
por mais inquietante que seja.

(c) Azoriana

Autoria e outros dados (tags, etc)

Homenagem

por Azoriana, em 19.11.04

Luís Manuel Pereira Ávila

Luis Ávila

Morte súbita levou o Coordenador Responsável
do Núcleo da Freguesia da Serreta
Serviço Municipal de Protecção Civil.
Sentidas condolências à família e aos seus amigos!
Fica aqui a minha homenagem ao conterrâneo.

Descanse em Paz!

17 de Novembro de 2004

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Sonhos de Poeta" - Poema dedicado

por Azoriana, em 19.11.04

Eis-me, aqui!
Nesta casa onde me sinto acarinhada,
por tão encantador Poeta, de grandes Sonhos.
Queria oferecer-lhe uma flor-poema. Com qual beleza; qual estética?
Letras saídas como lava, nem rimadas nem metrificadas... Apenas o meu sentir?
Ofereço, sim, algumas palavras aqui e neste momento:
Escrita do meu ser que acaba de nascer, estremecendo das profundezas de um coração.
Posso, por vezes, lacrimejar águas límpidas,
mas
sinto-me aliviada,
num desejo que esta nova descoberta do EU,
(desconhecida, sensível, num grito constante que me assola,
que rebenta com as estranhas, num alvoroço, num desalento ilimitado)
seja
a vontade de não ocultar as minhas nuvens mas atravessá-las de raios de nova vida e esperança.
Brilha-me a vontade de descobrir se há "poesia" em mim...
Não...
Não sou poetisa!
Sou uma folha pintada num corpo desenhado de caracteres cinzelados,
soltando o grito da minha alma que quer-se colorida de mil flores...
Só peço que esta folha seja compreendida e bafejada pela amizade,
dos que colocam
seus sonhos em folhas completas de árvores com raízes profundas.
Há linhas que não posso esquecer, aromatizadas em sinceridade, por isso as relembro aqui:
"É importante seguir-mos com o possível prazer e o renovado entusiasmo o percurso das flores.
Elas (as palavras-flores) brotam de tuas mãos num milagre de vida e renovação.
Que essa força transbundante de desejos e carícias nunca em ti esmoreça,
mesmo que a poesia cante ligeira uma mesma canção de embalar.
Acredito nas novas formas do teu sorriso".
As palavras, entre aspas, não fui eu que criei.
São de um ser Poeta, com toda a certeza, que as germinou e eu apenas colhi e acarinhei...

Um grande abraço e Sonha Poeta, Sonha sempre!

Azoriana (16-10-2004)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações