Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique e veja o que acontece

DO ANO 2016
O que mais gostei de escrever:

24.10.2016

Queria ser o pôr-do-sol
Da minha pele
Desnuda
No teu horizonte.
Fixar a âncora
No teu peito
De mar brando
E amar
...
Olhando a imagem
Ao relento
De nós.


Luís Carlos Ferreira. RIP

por Azoriana, em 24.01.17

LUÍS CARLOS FERREIRA:

"Ó pai quem nunca nascesse
P’ra uma terra partida,
Talvez que nunca sofresse
Na curta estrada da vida.

(...)"

 

Esta uma das quadras cantadas entre pai e filho. Um filho que atingiu a meta da estrada da vida. A verdade é que as suas cantigas ficam vivas na memória coletiva. É mais um cantador a cantar na glória de outra dimensão. É mais uma saudade a trilhar o caminho dos que o conheciam e apreciavam a refinada cantiga.

 

Foi filho de cantador
E cantador também foi
Lembro bem deste senhor
E o coração me dói.

Cantou-me uns versos à mesa
Numa noite de jantar
Ouvi a flor da gentileza
Que me queria plantar.

Um cantador asseado
Que tivemos à nossa beira
Seja sempre homenageado
O Luís Carlos Ferreira.

Que se guarde a lição
De amor à cantoria
E pla nossa Região
Se relembre o que fazia.

2017/01/24
O dia seguinte ao seu falecimento. Paz à sua alma

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações