Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique se puder

DO ANO 2016
O que mais gostei de escrever:

24.10.2016

Queria ser o pôr-do-sol
Da minha pele
Desnuda
No teu horizonte.
Fixar a âncora
No teu peito
De mar brando
E amar
...
Olhando a imagem
Ao relento
De nós.


A um ser maior... A magia da descoberta

por Azoriana, em 30.03.17



Pelo teu tato eu sou
Um candelabro do ser
Aurora do amanhecer
Que em alerta me deixou.

Pelo teu ser jubilou
Ternura de conhecer
O que faz engrandecer
A alma que me acalmou.

Ao penetrar meu olhar
Na imagem de aquém mar
Surge o sonho sensual…

De te ver ó grã ternura
No meu corpo de aventura
Com a água do teu sal.

Saudações ilhoas
Rosa Silva (“Azoriana”)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dedicado a COIMBRA (e a Paulo Borges)

por Azoriana, em 30.03.17

COIMBRA
(Saudade Universitária)


Coimbra é uma balada,
Uma lágrima caída,
Quando chega uma partida
Muito maior que à chegada.
É casa de estudante
Que deixou a terra natal,
Balada sentimental
De uma saudade constante.
Coimbra é tudo, então,
Na guitarra e seus trinados,
Dos sonhos realizados,
Eco em coro de refrão.
Filhos regressam ao lar,
Asas de negra andorinha,
Em capa que se adivinha
Balada que faz chorar.
Trazem a nobre lição
Que se estende à sua praça;
Regem-se em tudo o que traça
Nova força à Região.

29/03/2017
Rosa Silva ("Azoriana")

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Viva a Primavera!

por Azoriana, em 21.03.17

O sol abraçou o dia
Na mansão de Primavera
Dando ao tom da poesia
Toda a cor que se espera.

Poesia ó quem me dera
Ser tua por cortesia
E também a que venera
Esta luz que me irradia.

O sol entra pela janela
Que se abre de prazer
Para o sol nos aquecer.

Eu e tu juntos com ela
Em vivas felicidades
À bela ilha de lilases.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações