Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique e veja o que acontece

À Marisa e ao Tiago Clara

No reino da juventude
Há esperança a reinar
Mais forte seja a saúde
Porque o resto há de chegar.

Seja nobre a atitude:
Cantadores vão cantar!
Dupla seja a virtude
A quem merece a dobrar.

A Marisa e o Tiago
De nós merecem afago
Numa festa que há de vir.

Depois de bruto acidente
Felizmente estão com a gente:
Vamos fazê-los sorrir!

Rosa Silva (“Azoriana”)

Cantoria Solidária

Local: Sociedade Velha da Vila das Lajes
Data | Hora: 27 de janeiro de 2018 | 21:00

Cantadores:

José Eliseu, José Fernando, Hélder Pereira, Ricardo Martins,
Marcelo Dias, Vasco Gomes, Artur Miranda, John Branco.

Verbas angariadas revertem para ajuda ao Tiago Clara.


Coração de Geólogo (com um terceirense)

por Azoriana, em 25.04.17

Cenário de coração
Capas negras em ação
Na melhor fotografia
O martelo é amuleto
Que junta azul ao preto
Curso de Geologia.

Quero vê-los a sorrir
Em Coimbra sempre abrir
Numa Queima sem igual
Rapazes e raparigas
Serão as vozes amigas
Num desfile triunfal.

Cantam a doce esperança
Sonho (ou não) de criança
Tarefa para cumprir.
A "cabra" cantou a jeito...
Nasceu o traje é perfeito
Capas negras a luzir.

Faz-se o fado com vocês
Catorze em português
Catorze em união;
"Coimbra tem mais encanto"
Ofereço este meu canto
Dos Açores e meu torrão.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Balada da ilha

por Azoriana, em 24.04.17

Ó Terceira de fervor
De beleza natural
Tu és reino de amor
Ó ilha de Portugal.

Tu que cantas liberdade
Em dueto paralelo;
És fonte de amizade
Por tudo o que é belo.

Jardins, torres e altares,
Brancura de alfenim,
De convivas salutares
Que vejo passar por mim.

Ó Angra linda e vaidosa,
Duma vaidade benquista
És a baía mais formosa
Do Santo João Batista.

Ó terra de amor e luz
Em tudo o que a vista alcança
Foste e és de Jesus
Com coração de criança.

Criança se fez mulher
De armas e bem-querer
Dela fala quem souber
O melhor dela dizer.

24/04/2017
Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Meu menino

por Azoriana, em 18.04.17

Apetecia-me brotar como tu
As pérolas entristecidas,
De perto, belas, caídas,
De um rosto vestido a nu.

Apetecia-me saber a cru
As amarguras tecidas
No teu olhar destemidas...
Quem saberá?! Só mesmo tu.

E pasmo eu, mergulhada,
Noutra amargura cessante,
Que me prende aqui diante.

Lembro que tua morada
Era doce e colorida...
Hoje... Lágrima caída...

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações