Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Cantoria na Vila Nova da Ilha Terceira

por Azoriana, em 10.08.10

Cantoria privada na Vila Nova
Foi num ambiente familiar e amigo que, ontem, 09/08/2010, pela noite dentro, efectivamente cantei umas cantigas ao desafio com o "Gaitada", de nome José Santos, emigrante no Canadá, com José Medeiros e, no fim, umas rodadas de cantigas ao lado dos cantadores presentes, além dos já referidos: José Fernandes (da Ribeirinha), Candinho (Cândido, vilanovense) e Valadão (das Doze Ribeiras). Ao todo éramos seis acompanhados por três tocadores, dois das Doze Ribeiras e um da Ribeirinha, num bar junto da Igreja da Vila Nova.

Se me perguntarem o que senti? Pois por palavras é difícil explicar, por isso, deixo-vos a hiperligação para o álbum que ilustra este evento privado mas que talvez tenha continuidade. Confesso que de início ia apreensiva mas, por fim, já estava radiante tanto pela minha parte como pelas excelentes cantigas que me ofereceram. Trouxe comigo um sorriso aberto de contentamento.


Boa noite Vila Nova
Coração de santidade
Vos entrego a minha trova
Com laços de amizade.


Assim comecei mas o resto não captei... O improviso é assim mesmo, sai na hora e se não se registar talvez escape ao próprio cantador. Por vezes, na assistência há quem memorize quadras que cantamos e que são mais aplaudidas. Adorei os aplausos. Obrigada aos amigos cantadores e tocadores na freguesia dos Bodos. Até qualquer outra ocasião.

Fiquem com a recordação em imagens.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De António a 10.08.2010 às 14:54

Tentei deixar comentário na foto.

Olá Rosa

Vivam, caros Terceirenses

Vou mantendo alguns contactos com a vossa Ilha através da Azoriana Blogue, a Rosa.
Aprecio a vossa capacidade para o folclore e para a poesia rimada e popular.

Vila Nova
Ou muito me engano ou ainda haverá por essa terra alguém da família da minha sogra. Ela tem hoje 95 anos, vive em Leiria e penso que o pai dela "Sousa" e "Esteves" deve ter deixado descendência aí e em Porto de Pipas. Também haverá família no Raminho.

Temos que voltar à Terceira, um dia destes...

Façam favor de ser felizes.
António Nunes
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.08.2010 às 13:02

bravo d. rosa, causou espanto
nesse lugar que tanto me seduz
(só pelo espirito santo
a virgem foi mae de jesus)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Descrição do blog

Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva "Azoriana"

DATA DE CRIAÇÃO:
09/04/2004
Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.
2014/04/09

ORIGEM:
A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo.




Selo

Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.




Mensagens