Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique e veja o que acontece


Canção d'emigrante (para Joe Fagundes)

por Azoriana, em 10.01.18

Ó Serreta da minh'alma
Que estás no meu coração
És a força que me acalma
És meu berço e torrão.
Quando um dia te deixei
Fiquei sendo emigrante
Mas em ti sempre pensei
Foste meu lar triunfante.
Nasci no alto da serra
Avistando o lindo mar
Hoje adoro a minha terra
E penso em lá voltar.
Tem a Virgem milagrosa
No seu altar tão serena
Com a sua mão bondosa
Que à gente sempre acena.

Vou voltar, ai vou voltar,
À querida freguesia
Vou rezar, ai vou rezar
À linda Virgem Maria.


Abraçar os meus parentes
Que de mim têm saudades
E ver nossas boas gentes
Nas suas atividades.
Visitar o batistério
Onde conheci Jesus
E também o cemitério
Que é reino de outra luz.
Ver o sol no horizonte
Dourando a sua cama
O brilho da água na fonte
Que até no chão derrama.
Ver o branco casario
E o gado a pastar
Ver tudo o que já me viu
Ver a aurora e o luar.

Vou voltar, ai vou voltar,
À brava ilha Terceira,
Vou brindar, ai vou brindar
Minha Santa padroeira!


2018/01/10
Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações