Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Clique se puder

DO ANO 2016
O que mais gostei de escrever:

24.10.2016

Queria ser o pôr-do-sol
Da minha pele
Desnuda
No teu horizonte.
Fixar a âncora
No teu peito
De mar brando
E amar
...
Olhando a imagem
Ao relento
De nós.


Meu SOPRO DE VIDA (livro não editado)

por Azoriana, em 21.09.14

Sopro de vida



Para mim, este livro SOPRO DE VIDA, é mais um, que por falta de apoio das entidades culturais açorianas, vai ficar-se pela “maquete”, pois a valorosa autora não tem suporte financeiro que lhe permita realizar a sua edição.

É uma pena, mas é uma realidade, que por razões meramente economicistas, obras de grande interesse cultural, como é o caso, se ficam pela “gaveta”, a aguardar melhores dias.

Quanto ao livro em si, este SOPRO DE VIDA, entendo que é a vida num sopro, (instantes de inspiração), onde a autora Rosa Silva (Azoriana) consegue transmitir-nos as vivências, os factos, os acontecimentos e até os sonhos, duma forma em que a clareza da descrição, transforma os poemas e os relatos, em verdadeiras mensagens a quem ninguém pode ficar indiferente.

Só me resta incentivá-la a que não desista, para que a cultura popular açoriana, não perca mais um veículo da sua divulgação.

José Fonseca de Sousa
(Lisboa)

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.09.2014 às 12:00

A cultura açoreana precisa destes "sopros de vida" porque para lá do elitismo, está agónica. Precisa de manobras de reanimação, do tal suporte básico de vida que são os "Sopros", estes e outros genuinamente exalados, Os conteúdos da Azoriana têm sido um hino à Terra ao  Homem e ao Divino.
Impossível não haver cultura intemporal nisto tudo.
dfmaia

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações