Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Clique se puder

DO ANO 2016
O que mais gostei de escrever:

24.10.2016

Queria ser o pôr-do-sol
Da minha pele
Desnuda
No teu horizonte.
Fixar a âncora
No teu peito
De mar brando
E amar
...
Olhando a imagem
Ao relento
De nós.


Balada da ilha

por Azoriana, em 24.04.17

Ó Terceira de fervor

De beleza natural

Tu és reino de amor

Ó ilha de Portugal.

 

Tu que cantas liberdade

Em dueto paralelo;

És fonte de amizade

Por tudo o que é belo.

 

Jardins, torres e altares,

Brancura de alfenim,

De convivas salutares

Que vejo passar por mim.

 

Ó Angra linda e vaidosa,

Duma vaidade benquista

És a baía mais formosa

Do Santo João Batista.

 

Ó terra de amor e luz

Em tudo o que a vista alcança

Foste e és de Jesus

Com coração de criança.

 

Criança se fez mulher

De armas e bem-querer

Dela fala quem souber

O melhor dela dizer.

 

24/04/2017

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Meu menino

por Azoriana, em 18.04.17

Apetecia-me brotar como tu
As pérolas entrestecidas,
De perto, belas, caídas,
De um rosto vestido a nu.

Apetecia-me saber a cru
As amarguras tecidas
No teu olhar destemidas...
Quem saberá?! Só mesmo tu.

E pasmo eu, mergulhada,
Noutra amargura cessante,
Que me prende aqui diante.

Lembro que tua morada
Era doce e colorida...
Hoje... lágrima caída...

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-Feira Santa

por Azoriana, em 14.04.17

Três vezes Ele caiu
E das três se levantou;
Por três dias sucumbiu,
Ao 3° ressuscitou.

Três cravos Ele levou
Três cruzes ao todo viu;
Três Marias encontrou
E às três horas partiu.

Pai, Filho, Espírito Santo
Três pessoas numa só
Num dia que mete dó.

Três dias que são de espanto
Para nos fazer lembrar
Que o TRÊS nunca foi par.

Rosa Silva ("Azoriana")

P.S. Três: Caminho, Verdade e Vida

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações