Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CBS na mocidade

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 20.04.19

Clarisse Sanches

Amavas Bom Jesus Cristo
Desde a tua mocidade;
Muito mais na eternidade
Enfim quando O tenhas visto.

Guardo tudo e não desisto
[De ti já tenho saudade]
Da grassa capacidade
Em tudo o que foi escrito.

Não queria escrever mais
Por ti não será demais
Gostavas tanto de mim...

Presente que estás no Céu,
Comanda o verso ilhéu
Na chave que vem no fim.

20/04/2019
Rosa Silva ("Azoriana")

P.S. Foto de Clarisse Barata Sanches na sua mocidade. RIP

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ao Jardim da Senhora

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 12.04.19



Quem embeleza a Senhora
Com perfume colorido
Merece ter seu florido
Coração que já não chora.

Quem olha ao ir embora
Para o Altar sem ruído
Por mais que tenha sofrido
O sorriso brilha agora.

Ó que Jardim fabuloso
De um Altar milagroso
Com a Virgem Mãe querida!

Jamais nos sai da ideia
Ver a Mãe de Casa cheia
De tão linda cor de Vida!

Rosa Silva ("Azoriana")

Foto de Pedro Ivo (2014)

Autoria e outros dados (tags, etc)

15º Aniversário do Azoriana Blogue - terceirense das rimas

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 09.04.19

É dia de festa?! Para mim é... para os leitores (amigos ou desconhecidos) poderá não ser tanta euforia / alegria de verem que ainda cá estou a digitar letrinhas para um mundo ao alcance de aparelho(s) que nos põem esse munho na nossa mão / visão.

Os blogues tiveram uma época de surpresa, espanto, conhecimento gradual, divulgação habitual e praticamente assídua. Hoje, passados quinze anos, tornou-se um no meio de milhares. O meu lema é ter descoberto a distração precisa, o dom da rima, o apontamento de coisas vividas, o surgir de um livro editado (e outros na esperança de edição porque estão colecionados para tal, quiçá, após já cá não estar).

Sou feliz assim. E mais feliz serei se me deres um simples "Olá!" na caixa de comentários. Se nada me disseres, eu percebo! Tudo tem o seu dia (até o perú pelo Natal).

É abril o meu mês de nascimento (dia 1) e de comemoração deste meu "filho" numa idade juvenil. Tem graça que volta a repetir-se o número "5" e desta vez, com 55 anos de idade e 15 de escritos ora rimados, ora em prosa. Declaro que rimados são a opção favorita. Bem-haja quem cá vem espreitar as novidades, até que a tecla me deixe repousar o que a mente brota em modo acelerado.

Angra do Heroísmo, 9 de abril de 2019

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Recordação sorridente

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 01.04.19

Agradeço com alegria
Até me sinto feliz
P'la revelação do dia
Do trabalho do Sr. Luís.

O Kanal ilha 3
Dá a voz ao improviso
Cantoria não se fez
Só disse o que era preciso.

No dia de aniversário
Numa tarde muito airosa
Se disse algo ao contrário
Perdoem bem esta Rosa.

Fui nascida em abril
Me deram nome de flor
Sorrindo estou de perfil
Ao dom improvisador.

Rosa Silva ("Azoriana")

Nota: Ver o vídeo clicando na hiperligação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Alvarina & José Costa

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 29.03.19

♡ 29/03/2019 ♡

Aos cunhados e irmã
Temos o dia para fixar
Na memória familiar
Com a rima que é sã.

Antes da tarde a manhã
Depois da luz o luar
Estrelas p'ra festejar
Na ilha de que sou fã.

Alvarina e José Costa
Gente da gente que gosta
Do sorriso em união.

Em Fafe ou na Terceira
Estejam longe ou à beira
Alegram os que cá estão.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal


Azoriana no MundoPT

LIVRO editado:

Serreta na intimidade


LIVROS não editados:


2019
2018
2017
Assim de repente
(https://ajb521.s.cld.pt)
Letras cadentes
Letras luminosas
(https://ajb521.s.cld.pt)
Leves escritos
Lírios da escrita
O canto da Ave
Palavras açorianas
Recheio de Rimas
https://pt.scribd.com/document/102287547/Recheio-de-rimas
Sentir de ilhoa
Serreta documentário
Serreta em rimas
Sopro de vida
Todo o amor que me lavra

DESTACO
Folhetins/Fagundes Duarte
FONSECA DE SOUSA
SAPO: O prémio


ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações