Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Viver para Servir, um Amigo sem fronteiras

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 27.05.13

Este artigo é um contributo para a história de personalidades que fizeram história.

 

Luís Carlos de Noronha Bretão

Nasce em Angra do Heroísmo a 31/05/1945, na freguesia da Sé, concelho de Angra do Heroísmo.

Reside em S. Carlos há cerca de 37 anos. A sua ação cívica abrange cultura, desporto e política.

Tendo por referência a leitura da “Nota Biográfica” in Pensamento Açoriano - Revista SABER Açores, datada de fevereiro de 2011, entre outras pesquisas e conhecimento pessoal, retrato numa breve análise alguns acontecimentos importantes do amigo da cultura popular:

    1. Presidente da Juventude Escolar Católica;

    2. Vogal da ADAH Associação de Desportos de Angra do Heroísmo que reunia todas as modalidades desportivas nos anos 60 (1962);

    3. Presidente da ADAH Associação de Desportos de Angra do Heroísmo no início dos anos 70 (até ao surgimento das associações de modalidades);

    4. Árbitro de Basquetebol nas décadas de 60 e 70 (Terceira e S. Miguel);

    5. Delegado da DGDAH Direção Geral dos Desportos de Angra do Heroísmo durante cinco anos (1975 a 1980);

    6. Presidente da ABIT Associação de Basquetebol da Ilha Terceira);

    7. Presidente do SCL Sport Club Lusitânia;

    8. Vereador da Comissão Administrativa da CMAH Câmara Municipal de Angra do Heroísmo após o 25 de abril, tendo concorrido, em 1982, como candidato independente nas listas do PS, ao cargo de Presidente da Autarquia, falhando a eleição por poucos votos;

    9. Organizou reuniões mensais com todas as Juntas de Freguesia do Concelho de Angra do Heroísmo, de 1982 a 1985, bem como, um programa radiofónico na Rádio Clube de Angra, intitulado “Autarquias”;

    10. Em consequência, assume o cargo de Vereador com o pelouro da Cultura, Educação e Desporto, tendo promovido diversas atividades de dinamização cultural e desportiva;

    11. Nos anos 70, como Vereador da CMAH, iniciou os espetáculos e touradas de praça para crianças, bem como, espetáculos e animação para idosos, trazendo, novamente, as Danças e Bailinhos de Carnaval para a cidade de Angra do Heroísmo;

    12. Nos anos 70 e 80 promoveu os concertos de filarmónicas no coreto do Jardim Público de Angra do Heroísmo;

    13. Presidente da Comissão das Sanjoaninas em 1974;

    14. Idem em 1984. Realizou um festival de teatro neste ano nas Sanjoaninas;

    15. Em 1997, na qualidade de Diretor da RCA Rádio Clube de Angra, foi organizador do programa comemorativo das Bodas de Ouro da instituição;

    16. Colaborador de vários órgãos da comunicação social, entre os quais, a “Vida Académica”, “A União”, “O Lusitânia” e a RTP Açores;

    17. Em 1997, na comemoração das Bodas de Diamante do Sport Club Lusitânia, em 17/12/1997, recebeu um diploma de apreço pelo seu contributo ao desenvolvimento do clube;

    18. Em maio de 2000, foi agraciado com o título de Sócio Honorário pela AFAH Associação de Futebol de Angra do Heroísmo;

    19. Em junho de 2001, foi homenageado pela AJIT Associação de Judo da Ilha Terceira;

    20. Na qualidade de árbitro, ajuda a lançar o basquetebol feminino em S. Miguel com as equipas do Sport Clube Praiense e Sport Club Angrense;

    21. Por certidão passada em 16/06/2001, a Câmara Municipal de Angra do Heroísmo atribuiu o seu nome ao Pavilhão Multiusos. Homenagem e cerimónia realizaram-se em 22/08/2009, integradas na comemoração dos 475 anos de elevação de Angra do Heroísmo a cidade;



PAVILHÃO MULTIUSOS BAPTIZADO COM O NOME DO CONHECIDO DIRIGENTE

Luís Bretão imortalizado

O Pavilhão Multiusos recebeu no passado sábado o nome do carismático dirigente desportivo Luís Bretão, cumprindo-se, assim, uma velha promessa da autarquia angrense. A cerimónia, que juntou amigos, colegas e familiares do homenageado, inseriu-se nas comemorações dos 475 anos da elevação de Angra a cidade. O laureado entende que “esta distinção é, acima de tudo, o reconhecimento público a uma geração de dirigentes”.
Fonte: Efeméride - Diário Insular de 2009/08/24.


  1. Em março de 2002, foi homenageado pelo Governo Regional dos Açores na I Gala do Desporto Açoriano;

  2. No mesmo ano, foi homenageado pela Comissão das Festas do Império de S. Carlos e pelos “Cantadores e Tocadores” em S. Sebastião;

  3. Vice-presidente da Assembleia Geral do NSIT Núcleo Sportinguista da Ilha Terceira;

  4. Presidente da Assembleia Geral da ABIT Associação de Basquetebol da Ilha Terceira;

  5. Em 2003, foi condecorado com a medalha de “Mérito Municipal” pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, da classe “Mérito Cultural e Desportivo”;

  6. Em 1995 foi Procurador do Império de S. Carlos;

  7. Mordomo do Império de S. Carlos em 1982 e 1989;

  8. Colaborador ativo da maioria das Comissões do Império, quer através de contatos com entidades oficiais quer na elaboração dos programas das festas. Desde 1999, realizou em sua casa, o tradicional Pézinho homenageando todos os Cantadores e Tocadores que atuaram nas festas de S. Carlos;

  9. Fez parte do “Movimento de Elevação de S. Carlos a Freguesia”;

  10. Na comemoração dos 25 anos do Clube de Atletismo da Terceira recebeu uma medalha de reconhecimento;

  11. A 10/06/2005 foi agraciado pelo Presidente da República, Jorge Sampaio, com a Comenda da Ordem de Mérito;

  12. Em 2007, na festa dos “Amigos do Basquete”, recebeu uma Placa de Homenagem numa organização conjunta da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo e do Terceira Automóvel Clube;

  13. Amante da Cultura Popular, é Vice-presidente da Associação dos Cantadores dos Açores;

  14. Foi Presidente da Assembleia Geral do grupo de folclore “Os Bravos” na sua fundação;

  15. Apresentador do livro “Serreta na intimidade”, a convite da autora Rosa Silva (“Azoriana”), cujo lançamento ocorreu a 02/04/2011, na Sociedade Filarmónica Recreio Serretense;

  16. No próximo aniversário de Luís Bretão, a 31/05/2013, haverá uma grandiosa homenagem levada a efeito por um amigo dos Açores, vindo do continente, Sr. José Fonseca de Sousa que, juntamente com a comissão organizadora, fará tudo para que a mesma seja inesquecível.

Eis mais uns versos de improviso, escritos a 25/03/2013, para juntar a outros (inéditos) para homenagear excelente individualidade regional:

Viver para Servir, é seu lema



Imagem original (a cores) in RTP Açores

Luís Bretão é mediano
No que toca à estatura
Um pilar açoriano
Do desporto e da cultura.

No ano dois mil e oito,
Dei entrada no Pézinho;
Num verso que foi afoito
Dei-lhe todo o meu carinho.



E na casa dos Luíses
Pela Festa do Império
Tive mais dias felizes
Com meu novo batistério.

As cantigas de improviso
São de gosto popular,
Tem tudo o que é preciso
Para os amigos juntar.

Luís Bretão é bom amigo
Da cultura açoriana
Louvá-lo sempre consigo
Excelsa alma lusitana.

Sua voz não se atrapalha
É forte na sua ação
Já recebeu a Medalha
Símbolo da nossa Região.

Toda a sua atividade
Está no SERVIR por encanto
«Serreta na intimidade»
O livro que lhe deve tanto.



Por ele apresentado
Perante vasta assistência
Esteve sempre ao meu lado
Será sempre referência.

Bem-haja sua atitude
Seu valor, sua lição,
Deus lhe dê melhor saúde
Pra seguir sua paixão.

A décima quadra que faço,
Nesta hora lisonjeira,
Eleve meu forte abraço
Ao Comendador da Terceira.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal


Azoriana no MundoPT

LIVRO editado:

Serreta na intimidade


LIVROS não editados:


2019
2018
2017
Assim de repente
(https://ajb521.s.cld.pt)
Letras cadentes
Letras luminosas
(https://ajb521.s.cld.pt)
Leves escritos
Lírios da escrita
O canto da Ave
Palavras açorianas
Recheio de Rimas
https://pt.scribd.com/document/102287547/Recheio-de-rimas
Sentir de ilhoa
Serreta documentário
Serreta em rimas
Sopro de vida
Todo o amor que me lavra

DESTACO
Folhetins/Fagundes Duarte
FONSECA DE SOUSA
SAPO: O prémio


ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações