Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Parabéns "Fernão"

29.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")

Na minha ronda habitual pelo meu e-mail, eis que se me depara um "reminder" a avisar que: O Blog Fernão Capelo Gaivota faz um ano.
Mais um Blog em aniversário. É tão bom quando um diário faz um ano e, sobretudo, este que transmite uma paz e uma sabedoria poética envolvida num tom azul em conjunto com o som da onda num vai e vem constante.
Parabéns! Parabéns! No mês de Abril há encantos mil e o teu Blog é prova disso.
Sabe tão bem quando o Sol nasce com palavras que consolam o ego.
Hoje é dia feliz...

Azoriana

Passadas leves

27.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")

Passadas leves...


Não deixam traços
os teus passos na calçada,
porque não estás mais aqui.

Não deixam fios
os teus cabelos cinzelados,
que não vejo ao meu lado.

Só ouço o eco
das tuas passadas leves,
que passeiam no meu coração.

Tuas passadas,
passadas leves...
guardadas em linda estação!

(c) Azoriana

25-04-2005

25.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")

Eu já contava dez anos quando se deu a "Revolução dos Cravos" a 25 de Abril de 1974.
Comemora-se, hoje, o 31º aniversário da Liberdade e o 30º aniversário das primeiras eleições livres em Portugal após quase meio século de ditadura.
Lembrando os principais partidos políticos e seus líderes, no dia 25 de Abril de 1975:

  1. Partido Socialista (PS), chefiado por Mário Soares;
  2. Partido Popular Democrático (PPD, actual PSD), liderado por Francisco Sá Carneiro;
  3. Partido Comunista Português (PCP), dirigido por Álvaro Cunhal;
  4. Partido do Centro Democrático Social (CDS, actual PP), presidido por Diogo Freitas do Amaral.
A quem nasceu há 31 e um anos ou está de aniversário neste dia, desejo bons festejos e muitos Parabéns.


PARABÉNS PORTUGAL

E um Bem Haja ao nosso Presidente da República - Dr. Jorge Sampaio, que discursou neste comemorativo dia.

 

Linda canção: "Cabecinha no ombro"

24.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")
align=left>border=0>

Cabecinha No Ombro
Almir Sater no album "CAMINHOS ME LEVEM"

Encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora
E conta logo a tua mágoa toda para mim

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
que não vai embora
que não vai embora
Encosta a tua cabecinha no meu ombro e chora
E conta logo a tua mágoa toda para mim

Quem chora no meu ombro eu juro que não vai embora,
que não vai embora
porque gosta de mim

Amor, eu quero o teu carinho, porque eu vivo tão sozinho
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
se ela vai embora, se ela vai embora
Não sei se a saudade fica ou se ela vai embora,
se ela vai embora, porque gosta de mim


border=0>






















Pela amizade!

21.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")

Não há bem mais precioso
Que o tesouro d'amizade
O coração honrado e doce
No gosto p'la sinceridade.

Nas lágrimas ou nos sorrisos
Amizade é ombro qu'aguenta
Dá conselhos e bons avisos
Quando algo nos apoquenta.

A vida é tão passageira
Por entre ruas e travessas
A amizade verdadeira
Não deixa nada às avessas.

A ribeira corre p'ro mar
Em desafios constantes
A amizade quebra a tristeza
Quando estamos tão distantes.

Um abraço é ternura
P'ro coração saudoso
A amizade é a doçura
Um presente carinhoso!

(c) Azoriana

Primaveril

18.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")
in Grito d'alma

Meados de Abril... primaveril,
entro e saio, entro e saio
estamos quase em Maio.
...
O chilrear dos passarinhos... querem-se amiguinhos.
...
Há quanto tempo não vou eu ao campo?
Sinto saudades de vestir o jardim
mesmo que eu não gostasse das vestes daninhas
e de tingir as mãos que reviravam a terra
eu gostava do cheiro do tom jardinado
sabia-me bem olhar o traje perfumado.
...
Aos poucos, vou esquecendo o festim da minha infância
aquele que, agora, sabia bem mondar...
crisântemos, cravos, rosas, flores multicores
vejo-as todas...
se os olhos fechar.
...
É tão bom recordar!

(c) Azoriana

Avistar

15.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")



Quem me dera ser
a paz pura das águas que vi tranquilas
pelo rasgo do casario
cá de cima até ao muro
que te separa de mim...

A tua calma contagiou-me,
o meu passo recua para avistar-te:
és o espelho do manto verde desse Monte;
és o mar plasmado na ilha
onde a vida e a morte sempre se noticia...

(c) Azoriana

Apanhada

15.04.05 | Rosa Silva ("Azoriana")

Fui "apanhada" de surpresa pela amiga Rosália e claro que não pretendo deixá-la ficar mal. Vou passar o testemunho após dar resposta às perguntas padrão de uma brincadeira de literatura na blogosfera, a que alguém deu o nome de Ex-libris da Tugosfera, tal como li no Ailaife Blog.

Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?
Não li e não vi. Talvez queria ser um livro de romance.

Já alguma vez ficaste apanhadinha(o) por um personagem de ficção?
Por Silvester Stallone

Qual foi o último livro que compraste?
"Do meio do azul" de Paulo Roldão

Que livros estás a ler?
Neste momento não estou a ler nenhum livro.

Que livros (5) levarias para uma ilha deserta
Não sei se daria para ler livros mas em todo o caso levaria: A Bíblia; banda desenhada do Tio Patinhas; "A Queda de um Anjo" de Camilo Castelo Branco; "O crime do Padre Amaro" de Eça de Queirós; e anedotas de Fernando Rocha.

A quem vais passar este testemunho (três pessoas) e porquê?
A Fernão do Fernão Capelo Gaivota porque pertence a um amigo que gosto de ler e já publicou um livro; À Lucidez do quebracabecas porque tem um gosto especial pela minha ilha; Ao Nuno Barata do Foguetabraze porque é um açoriano especialista em generalidades

Espero que as pessoas que indiquei continuem a corrente e não fiquem aborrecidos(a). Um grande abraço!

Pág. 1/2