Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Yupiiii Obrigada!

28.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")

Cá chegou a Pen Disk
Com a forma muito plana
Podem crer qu'ora existe
Alegria na Azoriana.

Ando com SAPO na mão
Ele sorri e eu também;
Agradeço de coração
A bondade que ele tem.

A vinte e um a surpresa
A vinte e oito a chegada
Em Setembro na mesa
A Pen entusiasmada.



Um abraço nesta hora
P'ra Equipa: louvo Joana!
A letra é de Senhora
Que escreveu à "Azoriana".

Meu nome fez-se completo
E gosto de grafologia
Feliz em voo directo
Veio a Pen e a magia.

A magia vem no traço
De quem gosta do que faz
Para ti outro abraço
Desejo-te muita paz.

Rosa Maria ("Azoriana")

2º aniversário de "Virtual Realidade"

28.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")

- É um blog?

- É.
- É um livro?

- Eu digo que sim. Basta editarem.

- É cativante?

- É muito...

- Já leste tudo?

- Eu já e tu não queres dar uma espreitadela e ler?

- Vou ver e já volto... (pausa) Mas já vai na Parte 104. E para ler tudo, como vai ser?

- Não te preocupes dou-te um índice que preparei e vais lendo num fôlego...

- Mas é muita coisa de uma vez...

- Que nada! Lês sem dares conta pois vais entusiasmar-te que nem dás pelas horas passarem. Garanto! É uma grande lição. Tomara que todos lessem.

- Se o dizes. Então mostra o Índice para ver se tens razão...

- É para já. E dá os parabéns aos autores Isa&Luis porque hoje faz precisamente dois anos de "Virtual Realidade". Estamos todos convidados para soprar as 2 velas. Vá lá e começa pelo Prefácio para saberes do que trata a história.

 

Índice:


Parte 1 - A prenda de aniversário
Parte 2 - «mds« e «reine» os nomes virtuais
Parte 3 - Eduardo e Luísa os nomes reais
Parte 4 - Primeiras apresentações
Parte 5 - O delegado de informação médica e a freelancer. Troca de e-mail
Parte 6 - Fernanda e Luísa no IRC
Parte 7 - À espera de Eduardo. O sonho da entrega desperta as dúvidas
Parte 8 - A história do divórcio de Luísa
Parte 9 - Considerações sobre o IRC sentidas por Eduardo
Parte 10 - Pedido de desculpas de Eduardo. O poema de Luísa
Parte 11 - O pensamento de Eduardo e a conversa com a Cátia
Parte 12 - Um arrufo e o reforço da amizade e conversa com a Cátia (Fallen_Angel)
Parte 13 - Luísa e a amiga Cristina na hidro-ginástica
Parte 14 - Luísa envia fotografia a Eduardo e falam do “Código da Vinci”
Parte 15 - O pesadelo de Luísa e a conversa com Sandrine, a piloto que acolheu em Portugal e visita de Cristina
Parte 16 - Cristina conta a história da prima Júlia de Braga
Parte 17 - O roubo e as dúvidas
Parte 18 - Luísa conversa com Cristina sobre a amizade com Eduardo
Parte 19 - Eduardo e os amigos Pedro, Teresa, os filhos Inês e André, e Rui, numa sardinhada
Parte 20 - Luísa recorda a conversa com Cristina. No IRC recebe a fotografia de Eduardo que revela o nome de Mariana e vai de mini-férias.
Parte 21 - O telefonema de Sandrine a Luísa e a visita da filha Rita e da amiga Cristina
Parte 22 - Cristina recorda o 1º encontro com o Rui na Figueira da Foz
Parte 23- Luísa janta fora com a Rita e faz Eduardo contar um segredo
Parte 24 - Rita e Sandrine almoçam no Centro Comercial
Parte 25 - Mariana e o filho Francisco em Pamplona – Espanha
Parte 26 - Luísa e Sandrine no Hotel de Vilamoura de férias
Parte 27 - A ideia de Rita e a dança de Luísa
Parte 28 - Luísa e Sandrine rumo a Évora e o regresso a casa
Parte 29 - Luísa regressa ao IRC e a Eduardo e o encontro com Cristina
Parte 30 - Francisco parte com a mãe para Madrid e sabem da herança
Parte 31 - A revelação de Cristina a Luísa sobre o Rui. Rita é aceite na Universidade de Navarra
Parte 32 - Os pensamentos de Eduardo
Parte 33 - Desabafos de Luísa a Eduardo, no Mirc com paixão
Parte 34 - Victor na Bósnia e na internet com os seus nicks
Parte 35 - Na partida de Rita para Pamplona é acompanhada pela mãe e conhecem Anabela na viagem
Parte 36 - Cristina e a sua vida
Parte 37 - Anabela desabafa com Luísa
Parte 38 - Victor invade o PC de «anjo-selvagem»
Parte 39 - As apresentações entre Rita e Francisco na viagem para Pamplona
Parte 40 - De novo Victor e Ana, aliás, Sara
Parte 41 - Eduardo sente saudades de Luísa. Encontra «anjo-selvagem» no Mirc
Parte 42 - Eduardo continua no computador e escreve um artigo como se fosse para blog
Parte 43 - Eduardo fala com Rui
Parte 44 - Rita e Luísa em Vitória por 2 dias. Juan encontra Francisco
Parte 45 - Eduardo tenta lembrar-se de Mariana e outros acontecimentos
Parte 46 - Rita e Luísa passeando pela cidade espanhola
Parte 47 - Ainda em Espanha, Rita e Luísa, que recebe uma chamada de Eduardo, seguem para Pamplona
Parte 48 - Rita e Luísa em Pamplona entram em confidências. A aluna Maria na Universidade trava conhecimento com Rita
Parte 49 - Francisco e Mariana à conversa sobre Rita
Parte 50 - Troca de contactos entre Rita e Maria e a despedida de mãe e filha
Parte 51 - Pedro informa Eduardo sobre o gasto de Inês e vai a casa do Pedro
Parte 52 - Eduardo tem uma conversa com Inês
Parte 53 - Revelações de Eduardo aos amigos Pedro e Teresa
Parte 54 - Luísa tem saudades da filha e fala com Eduardo que faz um convite
Parte 55 - Eduardo pensa em Inês e na ajuda que pediu a Sara
Parte 56 - O encontro de Eduardo com Luísa
Parte 57 - Almoço de Luísa com Eduardo e a descoberta do amor
Parte 58 - Luísa e Eduardo vão à praia. Francisco e Mariana conversam sobre Rita
Parte 59 - O amor na praia
Parte 60 - Luísa pensa no encontro e recita a Eduardo o poema – Dádiva!
Parte 61 - Francisco e Juan vão ao parque treinar e depois jantar com Mariana
Parte 62 - Eduardo na horta e no computador e o plano de Sara
Parte 63 - Eduardo e Inês numa conversa importante
Parte 64 - Eduardo na casa de Pedro e Teresa em conversas reveladoras
Parte 65 - Explicações de Eduardo ao casal sobre a adolescência
Parte 66 - Luísa em casa de Cristina que após ficar só com Victor pede o divórcio
Parte 67 - Francisco tecla com Rita sem revelarem quem são
Parte 68 - Juan revela a Francisco o que sente pela mãe deste
Parte 69 - Uma rosa para Mariana e Juan revela-lhe o seu amor
Parte 70 - Sem sono, Eduardo volta-se para o IRC
Parte 71 - Maria num Sábado de Dezembro. Por pouco Rita não vê Francisco
Parte 72 - Eduardo envolto em pensamentos retém a mente no nick «imagem» e tecla com Sara
Parte 73 - Rita encontra-se com Maria
Parte 74 - Eduardo encontra-se com Luísa e os amigos num Domingo
Parte 75 - Os amigos almoçam num restaurante onde aparece Victor
Parte 76 - Francisco e a mãe conversam sobre a festa da noite anterior
Parte 77 - Juan e Emília almoçam e ele revela-lhe o amor por Mariana. Emília fala com Rita sobre os portugueses
Parte 78 - Rita fala com Francisco no IRC sem ses revelarem
Parte 79 - Descoberta de nicks, usados por Victor no IRC, leva a suspeitas
Parte 80 - Eduardo cozinha para Luísa enquanto ela fala com a filha no IRC
Parte 81 - Noite de amor
Parte 82 - Eduardo e Luísa no banho. A chegada de Cristina com um CD que muda os planos de Eduardo com Luísa
Parte 83 - Luísa e Cristina descem à praia. Eduardo revela novos dados ao Pedro
Parte 84 - Eduardo combina a vinda de Sara a Aveiro
Parte 85 - Sara vê fotografias de Eduardo e fala com a madre, sobre o passado
Parte 86 - Francisco encontra Rita por acaso
Parte 87 - Rita fala com Francisco
Parte 88 - Inês doente. Eduardo visita-a
Parte 89 - Francisco conta à mãe que encontrou Rita e leva-a, e à amiga Emília, Rita ao restaurante
Parte 90 - Inês adormece ouvindo uma história lida por Eduardo
Parte 91 - Francisco passeia com Rita por Pamplona e beijam-se
Parte 92 - Eduardo, Luísa e Sara no Mirc
Parte 93 - Rita feliz convida Emília a passar o Natal com ela e a mãe. Maria interpela Francisco
Parte 94 - Eduardo pensa na semelhança de Sara e Mariana e sonha
Parte 95 - Francisco vai ao apartamento de Maria
Parte 96 - O convite de Francisco a Rita
Parte 97 - Sara vai para Aveiro e Eduardo espera-a
Parte 98 - Chegada de Sara a casa de Pedro e Teresa
Parte 99 - A escritora na casa de Pedro e Teresa
Parte 100 - Na casa de Pedro e Teresa
Parte 101 - Rita e Emília falam sobre Francisco; Juan e Mariana conversaram sobre Rita
Parte 102 - Eduardo dá um passeio com Sara, Inês e André
Parte 103 - Rita prepara-se para as férias de Natal e Francisco leva-a à estação de comboio
Parte 104 - Almoço e as revelações de Sara sobre Victor

Uma autêntica base de dados - Os blogs

24.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")
O dia está propício para renovações e sonhos informáticos como costumo apelidar o que vou colocar a seguir. Hoje, acordei com vontade de inovar. Só não sei se vou a tempo ou se alguém já pensou nisso antes.

Os blogs do SAPO, concretamente, porque é com o que me sinto bem, são uma autêntica base de dados e está cada vez a ficar melhor com tudo o que tem inovado até agora. (Formulários para criação/actualização de artigos; Pesquisa; Relatórios com recurso às tags, isto é, à classificação por tema/assunto, que tem mais a ver com o conteúdo do artigo e que pode estar ou não relacionado com o título do artigo. Este título não é uma tag mas um meio para lá chegar).

É fácil provar o que estou escrevendo. Basta que acedam ao motor de pesquisa do SAPO, escolham o canal Blogs e eis que ao colocarmos o termo de pesquisa devolve-nos resultados que provam o exposto acima. Eis um exemplo:
http://pesquisa.sapo.pt/?barra=blogs&st=&channel=noticias&q=Azoriana

Ficamos com os blogs mais populares para esta pesquisa, com os resultados da semana, com os mais antigos e, ainda, com os relacionados, por um lado. Por outro podemos, na nossa área de edição, fazer a pesquisa das tags e retorna uma listagem que pode surpreender e/ou ajudar à uniformização de critérios para futuras pesquisas.

Por tudo isto sinto-me como que encantada com as novas tecnologias e o poder que elas têm. Só falta profissionalizar os bloguistas e criar escolas de blogs, etc. (Estarei a ficar ). Quem me dera que olhassem com olhos de ver para isto que estou a expor.

For mesmo por isso que tive o tal "sonho informático" e já o registei em comentário no blog das tags e que transponho para este artigo para que fique nas tags "pensamentos" "lembrete" e na nova que será "sugestões":

«Sinto-me já "antiga" suficiente para poder dar-vos uma sugestão, que é a seguinte:

O melhor que se fez até agora (e na minha opinião) foi a inclusão de tags nos blogs do SAPO. Lembro que também sugeri isso porque é muito melhor pesquisarmos os artigos de acordo com uma palavra-chave que tem a ver com o que cada artigo trata. Assim sendo, acho que está bem na hora de se criar uma forma das palavras-chave serem predefinidas, isto é, não haver palavras singulares e/ou plurais sobre um mesmo termo. Exemplo: blog blogs poema poemas...

Devia haver uma forma de "joeirar" este tipo de ocorrência normal pois o utilizador, na maior parte dos casos, não está preocupado com isso. Eu que já tenho uns aninhos nestas andanças preocupo-me com a organização das tags.

Portanto, deviam criar uma lista de tags (vejam as existentes e procurem dar-lhe uma ordenação) e depois criem a lista com maneira de se acrescentar novos termos (que mais tarde podem voltar a ser "joeirados") de forma a haver um único critério de amostragem de tags.

Fico à vossa disposição para qualquer esclarecimento no sentido de até mudar alguma das minhas tags que não estejam coerentes com esta nova ideia.

Acho que o "ano" não deviam constar das tags, pois para isso pesquisa-se nos arquivos e nos posts recentes.

O facto de se usar poema e poemas, etc. torna a lista de tags num infinito cordão. Tinha de haver uma forma de converter estas situações para uma lista universal.

Se por acaso alguém não quisesse fazer parte da lista universal podia ter um campo para as tags ao critério do utilizador mas não invalida que haja um campo para "tag predefinida". Se não existisse o termo adequado nesta, então, o utilizador partia para a sua própria classificação.

Tem interesse para vós isto que sugeri? Há alguma forma de ajuda para uniformização de critérios na criação de tags?

Quando se faz a lista com a contagem dos artigos por tag nota-se que fica uma lista enorme com singulares/plurais para um mesmo termo e não fica bem. Por vezes até há erros ortográficos ou acentos que dão logo origem a uma tag nova, que na verdade não o é.

Espero que tenha contribuído para uma renovação.

Melhores cumprimentos»

"Já se sabe" - Nuno Brito

23.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")

Pela primeira vez, na novela "Ilha dos Amores", ouvi a canção de Nuno Brito - "Já se sabe" interpretada pelo próprio, acho eu.

Esta música honra Vila Franca do Campo.

Sei de alguém de lá que costuma visitar o meu blog. Um abraço para ele.

O Gil teve um belo presente de aniversário, se bem que a fingir, já se sabe...

Amuleto da Sorte

22.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")


A 9 de Setembro de 2007, Lumife, do blog Alvito-Baixo Alentejo teve a gentileza de me nomear para o Amuleto da Sorte. Aceito a sua indicação e agradeço-lhe muito.

Seguem alguns blogs de amigos a quem desejo que o Trevo das Quatro Folhas lhes traga as maiores felicidades:

Chica Ilhéu
Ideias e Ideais
Frases e Poemas
Escrevo apenas
Ailaife Blog
Pé de Vento
Arte por um canudo
A Minha Matilde & Cª.
Grilinha
Desambientado
Ofeliazinha
Blog.Sonetos.com.br
Dispersamente
Fábulas
Poesias em Sintonia de Machado de Carlos
Ardemares
Crónicas... no feminino
Visões
Terceira Taurina
Incertos Momentos
Só Fórró
Futebol, Gente e Toiros
A Criança

O que encontrei...

22.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")
Neste dia sem carros nas principais artérias da cidade património mundial - Angra do Heroísmo, nada melhor que ver uma excursão na ilha Terceira com Gente da Nossa Tours, da autoria de Cesar Pedro, com os comentários de Nellie Pedro, que tive o prazer de cumprimentar em Junho, pelas Sanjoaninas 2007.

Já se passaram alguns meses mas gostei imenso de, ao cirandar por alguns vídeos, encontrar este que tem uma boa reportagem para recordar.

Felicito os seus autores.

Grande notícia

21.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")


Não sei se é para este ano ou não, ou se já foi realizado tal evento: um encontro de "bloguers" na Escola Básica Integrada de Angra do Heroísmo. A ser verdade e no ano corrente vou dar todo o incentivo ao meu filho para se inscrever e quem sabe a moda vem por aí.

E até sugiro mais: que sejam convidados alguns dos bloguistas experientes nesta coisa de "bloguismo". Digam lá o que disserem é por aqui que vamos e é um meio de cultura e conhecimento tecnológico.

Quem me dera um dia seja criada a disciplina "TIB - Técnicas de Iniciação ao Bloguismo". (hehehehehe). Gostava de dar essas aulas. Posso não sentir apetência para o ensino mas da forma que gosto de blogs e suas vertentes, certamente encontraria motivação para dar as aulas. :) Sonhar é fácil, não é?

E depois o Professor Félix Rodrigues diz que sou "um símbolo vivo da blogosfera açoriana". Digo-lhe que uma coisa é certa: Adoro estas ferramentas e aconteça o que acontecer já não passo sem elas. Não sei até quando vou aguentar na blogosfera açoriana mas muita gente já envolvi nisto e continuarei envolvendo até que a tecla me doa. :)

Faço assim um agradecimento público e convicto ao que considero maior blogger açoriano - Félix Rodrigues e o seu "Desambientado". Desejo-lhe muito sucesso em tudo na sua vida pessoal, profissional e bloguista.

Se algum dia ele quiser ter um blog nesta plataforma cá estou eu para colaborar na realização do logótipo e respectivo código. :)

Hoje é, sem dúvida, um dia de prémios. Não é Pipoca?

Um prémio!!!!

21.09.07 | Rosa Silva ("Azoriana")

Abro o e-mail do Sapo para ver se tinha alguma mensagem nova...

Leio o único da tarde da remetente: Joana Torrado... (Pensei: conheço este nome é uma amiguinha do SAPO) - Ah, mãe! Disse para meus botões. - O que será?)

O assunto: Passatempo Aniversário do SAPO - prémio

Até arregalei os olhos para o monitor... Um prémio? Querem ver que gostaram do meu artigo sobre o 12º aniversário???

É verdade!!!! Gostaram. Yuppiiii. Que maravilha.

Uau... Ganhei uma Pen USB que me será enviada pelo correio num prazo de 15 dias. Ainda estou sem fôlego pois tinha que partilhar convosco esta notícia antes mesmo de agradecer à amiga Joana Torrado (permita-me que a trate assim) porque não aguentava de felicidade. Ainda não estou completamente em mim.

Bem-haja a toda a Equipa de Blogs do SAPO. Farei os possíveis e os impossíveis por não vos decepcionar. Sóis os meus Amigos!!!

OBRIGADA!

Pág. 1/3