Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Eu que sou mulher de rimas

30.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

Aos poucos estou a ler
Um livro da minha estima
E acabo por conhecer
Outros versos de boa rima.

Da Praça para o Jardim
Do autor de meu regalo
Seus versos não vão ter fim
E é deles que agora falo.

Guarda Fiscal aposentado,
Nado na Fonte do Bastardo,
Na Conceição ancorado
Às rimas que não dão fardo.

David Fagundes é
"Cantador" de rima escrita
Ao mundo mostra com fé
O dom em que acredita.

E à filha que eu conheço:
Já mereces os parabéns
E também todo o apreço
P'lo honrado pai que tens.

A rima é mais feliz
Na ilha que lhe tem amor
Já o povo assim diz
Por ser de Cristo Senhor.

"Versos duma Vida" são
Uma leitura asseada
Uma bela recordação
Duma vida abençoada.

Eu que sou mulher de rimas
Prendo logo a atenção
Àquelas que mais estimas
E vêm directas do coração.

Bem-haja a sua mulher
Que guardou os tais escritos
Para todo o que quiser
Encantar-se com os favoritos.

Cordiais saudações
Ao findar esta homenagem
E em vossos corações
Gravem a minha mensagem.

Rosa Silva ("Azoriana")

Aniversário da Paula - Joanina!

29.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

À Joanina

Parabéns! Parabéns!

 

Em directo e exclusivo,
Na Biblioteca Angrense,
Venho por um bom motivo
Pois a festa te pertence.

 

Parabéns, querida amiga,
Nesta data especial,
Capicua em cantiga:
És estrela principal!

 

Parabéns e contes mais,
Sempre com o bom humor,
Cantar-te nunca é demais
Em Amizade e Amor.

 

São Pedro até sorri,
Com São João à beira,
O sorriso é pra ti
Que nasceste na Terceira.

 

Ouço um pássaro em chilreio
Algures por esta sala
Quiz fazer festa de asseio
Com o seu cantar de gala.

 

Viva, viva a Joanina,
"Melra Preta Amaricana":
Beijos desta que assina
Por "Cagarra Açoriana".

 

Rosa Silva ("Azoriana")

DAVID FAGUNDES - "Versos duma Vida"

25.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

Mais um bom livro de Liduino Borba, natural de São Mateus da Calheta, ilha Terceira, Açores. Desta feita dedicou-se à apresentação de um repentista terceirense - David Fagundes - natural da Fonte do Bastardo, concelho da Praia da Vitória, e residente em Angra do Heroísmo.

 

É, sem dúvida, um livro maravilhoso e que vou estimar muito. Tenho muito gosto na dedicatória rimada com que autografou o livro que está em minha posse:

 

 "De não fazer igual, não apostes

Porque tudo se pode fazer

Espero sim: que leias e gostes

Deste livro que acabas de obter.

 

Como não podia deixar de ser

E consoante com a tua lida

Muito podes aprender

Com os versos duma vida."

 

25 de Junho de 2009

Prova de Amor

25.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

Minha mãe está no Céu,

Disso eu já tive prova,

Nos sinais que já me deu

Depois de descer à cova.

 

O meu dom estava coberto

Pela vida de casada

Tão logo foi descoberto

Quando fiquei separada.

 

Uma veia repentista

Que trago por companhia

A outra é de bloguista

Pró solar de cada dia.

 

Já me fazem americana,

Na verdade não o sou,

Mas o "Z" de Azoriana

O meu blogue nomeou.

 

Ao pai fui buscar o SILVA,

A mãe me deu a CORREIA,

ROSA não é madressilva,

MARIA de rima cheia.

 

E a juntar a tudo isto

Há um fervor natural

Vem da Mãe de Jesus Cristo

Do altar original.

 

Na Serreta eu nasci

Com os olhos postos no mar,

Desde cedo eu conheci

Sua cor no meu olhar.

 

E se rosa é uma flor

Com espinhos sinaleiros,

Num nome feito de amor

Serão sempre passageiros.

 

E voltando àquela prova

Que no início cantei,

No fim ela se renova

Nas rimas da minha lei.

 

Quem me dera ver escritos

Num livro, cor de anil,

 Alguns versos favoritos

De uma Rosa de Abril.

 

Rosa Silva ("Azoriana")

Nome completo: Rosa Maria Correia da Silva

Porque São Carlos merece!

21.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

Tenho as mãos calejadas

Mas a alma sorridente:

Sei que as minhas fachadas

Verão tinta, certamente.

 

É que São Carlos merece

Uma fachada asseada,

E o sorriso acontece

A quem passa na estrada.

 

Louvo, em tom agradecido,

A Câmara Municipal,

Por bem me ter concedido

Apoio material.

 

Viva quem por mim faz

Um esforço redobrado;

Minha mente está em paz,

P'lo que tenho trabalhado.

 

É justa a recompensa

Que me dá a Autarquia,

Lavrou a boa sentença

Ao estado da moradia.

 

Sou a "nova" residente

Deste Lugar de alegria,

Qu'espera, na era presente,

Ser a nova Freguesia!

 

Rosa Silva ("Azoriana")

A hora Sanjoanina!

19.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")
É chegada a folia,
Diversão com alegria
Da hora Sanjoanina.
O Sol é prazer em festa
E aposto que não resta
Qualquer bebida fina.
 As Damas e a Rainha
São flores pela cidade
E nossa Festa caminha
Com pompa e solenidade.

O abstrato (À minha filha)

19.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")
O abstrato

Pessoa está sem cabelo...
Tu já o descabelaste;
Agora faz-lhe um pêlo,
Escreve coisa que baste.

E não faças atropelo
Ao que muito já sonhaste
Pessoa é um novelo
Que na aula desataste.

É grande a simpatia
Que lhe reservas no dia
Que fazes rota de exame.

Diz dele como e quanto
Para ti é quase um santo
E não sei quem tanto o ame.

Rosa Silva ("Azoriana")
Índice temático: Desenho sonetos

Ao 5º dia de férias...

17.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

Com um sol de torrar, ando às voltas na cidade património mundial, Angra do Heroísmo, nas vésperas de mais um grande festival de São João. A cidade já se encontra festiva com as ruas enfeitadas pelos postes da iluminação (que se mantém à excepção da Rua de São João) e as pessoas também já se preparam para os grandes momentos de Verão na bela ilha Terceira.


O mar é o atractivo maior e refresca-nos melhor.


Obrigada pelos comentários amigos e até a uma próxima oportunidade. Já tinha saudades do amigo SAPINHO e de estar perto das tecnologias. Estou a gostar desta pausa.


Beijinhos!

Dia 10 de Portugal, de Camões, das Comunidades e do início das minhas férias

08.06.09 | Rosa Silva ("Azoriana")

É um dia comemorativo de grande significado que se junta à Quinta-Feira do Corpo de Deus.

Depois vem o 24 de S. João para encher Angra do Heroísmo de animação.

E como vão ser as minhas férias? Sem planos e objectivos definidos, sem viagens de sonho, sem visitar os parentes de mais além... E choro. É verdade. Estou habituada a um ritmo diário deveras acelerado que ainda não sei o que será pausá-lo. Mas é de extrema importância que eu pause ou fico sujeita a um desgaste mental.

Até daqui a um mês se Deus quiser e se eu conseguir ficar distante deste meu cantinho.

Pág. 1/3