Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

30.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

Nunca devemos negar
Ajuda a Nossa Senhora
Porque devemos pensar
Nos sinais p’la vida fora.

Podem nem acreditar
No que estou dizendo agora
Mas eu posso afirmar:
Há sinais a qualquer a hora.

Podes até nem falecer
Podes ficar a sofrer
Na pele ou também na mente.

Confio porque aprendi
Nos sinais que hoje senti…
Que a fé toca na gente.

2016/06/29
Rosa Silva (“Azoriana”)

Parabéns ao Ti' João Ângelo Vieira

24.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

20160624 Ti João Ângelo

Linda Marcha, sim senhor,
Honrando a Desgarrada
Cantadores e tocador
Numa Festa asseada.

O Ti João das "Velhinhas"
Num carro extraordinário
Elevo nas quadras minhas
Por mais um aniversário.

Esta Marcha não esqueceu
Dos cantadores a história
Até o José Eliseu
Fez da letra uma glória.

Ti Mancebo da guitarra
Também fez boa figura
Mostra que o som desta farra
Faz parte da nossa Cultura.

E viva o São João
Que atrai o bailarico
E observa o balão
Foliando o manjerico.

Parabéns ao Mestre das Cantorias
Que seja sempre feliz
Festeje por muitos dias
A Desgarrada que quis.

24/06/2016
Rosa Silva ("Azoriana")

Meus agradecimentos pela tradução inglesa por Katharine F. Baker: Angra florida e tão querida

24.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

"Angra florida e tão querida" - "My Dear Flower-Filled Angra"

Translated by Katharine F. Baker - with the assistance of Fernando Alvarino Vieira (Angra) and Emanuel Melo (Toronto).

Meus sinceros agradecimentos à querida amiga Kathie, bem como a Fernando Alvarino e Emanuel Melo.

 

Drink a whole jug of wine
In honor of St. John,
Whether vinho de cheiro
Or sangria, at the Bailão grounds.

Go to Angra for the bustle
Perform your marcha (or sit in your chair);
And eat lots of chouriço
A Terceira tradition.

Set aside your diets
And prepare your fresh basil
Take someone’s out-stretched arm
And start your folk-dancing.

This will truly be an unsurpassed
Flower-filled week:
Angra, happy by the sea
And in its colorful streets.

As aves / Birds

23.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

Que belas melodias gorjeiam as aves
Quando a tarde do dia longe se esvai
Deixando em mim os tais brandos tons suaves
De mais um dia que aos meus dias subtrai.

2016/06/23
Rosa Silva (“Azoriana”)

 

Birds
Translated into English by Katharine F. Baker and Emanuel Melo

Birds What lovely melodies the birds twitter
When the day’s afternoon fades
Leaving inside me such warm soothing tones
That from my dwindling days subtract another.

Angra do Heroísmo vista de S. Mateus

21.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

Angra do Heroísmo

Nossa Angra é uma beleza
À vista do Quebra-mar
Quando o sol é fortaleza
Sempre pronto para a beijar.

Minha terra é de certeza
Um barquinho sobre o mar
Por isso sua riqueza
É uma jóia só de olhar.

Meu amor por ti é grande
E sempre mais se expande
De alegria verdadeira.

Jamais deixarei de ter
Orgulho de em ti viver
Ó capital da Terceira.

2016/06/21
Rosa Silva ("Azoriana") 

Angra florida e tão querida

17.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

Angra 2016

Bebam um jarro inteiro
Em honra a S. João
Quer seja vinho de cheiro
Ou sangria no Bailão.

Vão pra Angra em reboliço
Na Marcha (ou na cadeira);
E comam muito chouriço
Tradicional da Terceira.

Deixem dietas de lado
E preparem o manjerico
Com alguém de braço dado
Formem vosso bailarico.

Vai mesmo a desbancar
Uma semana florida:
Angra alegre junto ao mar
E nas ruas colorida.

Rosa Silva (“Azoriana”)

Gravado para Rádio Portugal USA: 20160618RSangra_florida.mp3

 

Nas vésperas sanjoaninas

15.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

Com o perfume sanjoanense
Apetece feriar
Logo sendo terceirense
É motivo para animar.

Irão as ruas encher
Com maresias coloridas
De gente a mais não poder
Que distraem suas vidas.

Por mim que ando com festa
Na mente a calejar
Não formei gosto a esta
Que está para começar.

Algum dia hei de ir
Ver o Santo da esquina
S. João que faça rir
A Angra Sanjoanina.

Que venham os lá de fora
Com a gente no coração
E festejem tudo agora
Porque agora é S. João!

S. João seja amigo
Traga sol e muito riso
E também venha comigo
Num abraço de improviso.

2016/06/15
Rosa Silva (“Azoriana”)

À "Melodia das Palavras", de Francisca Silva (Chica Ilhéu)

11.06.16 | Rosa Silva ("Azoriana")

Chica Ilhéu

O livro da minha amiga
É o quinto, das emoções,
Vida, amor, dor, fadiga,
Cabem em suas estações.

A Palavra não intriga,
Abraça opiniões
Muito mais há que se diga
É nobre em doutas ações.

Chica, da nobre cidade,
De Angra do Heroísmo,
Tem forte o seu lirismo.

Chica, a nossa amizade,
Fica mesmo se partir,
Num laço de bem sentir.

Rosa Silva ("Azoriana")

Pág. 1/2