Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Dei de mim tudo o que pude!

31.05.19 | Rosa Silva ("Azoriana")

O mote

* Dei de mim tudo o que pude *
* A mais não sou obrigada *
* A todos haja saúde *
* E uma vida relaxada.*


Glosa

* Dei de mim tudo o que pude *
Sabeis que isso é verdade
Porém alguma atitude
É fruto de alguma idade.

Subo montes, ando em vales

* A mais não sou obrigada *
É forçoso que me cales
Se me vires transtornada.

Preciso de alguém que ajude
E entenda qualquer dor

* A todos haja saúde *
Muita fé e mais amor.

Se ouro e prata eu já vi
Foi muito pouco ou nada...
Só o bem se veja aqui

* E uma vida relaxada. *

31/05/2019. Angra do Heroísmo
Rosa Silva ("Azoriana")

Mural Taurino da Rotunda das Figueiras Pretas - S. Pedro, Angra do Heroísmo

20.05.19 | Rosa Silva ("Azoriana")

Programa do Dia da Freguesia

Mural Taurino

Mural Taurino da Rotunda das Figueiras Pretas - ilha Terceira

- Vacas e toiros correndo;
Aguilhadas e pastores;
E os cães que vão tecendo...
A ordem aos corredores.

Ó Terceira brava ilha
Desde os tempos de outrora
Na arte a maravilha
Que a gente vê agora.

Sou grande admiradora
De quem se dá à cultura
Valoriza a detentora
Imagem de arte pura.

D. Fátima Fernandes Ferreira
Deixa marca de ternura
Em S. Pedro da Terceira
Onde expande arte e cultura.

Dou louvores ao artista
Que desenha com clareza
O nosso aplauso conquista
Por nos dar tanta beleza.

Bem-haja o nosso povo
Em tudo o que se faz
Não me canso e mais louvo
Da forma que me apraz.

18/05/2019
Rosa Silva ("Azoriana")

Ondas de alegria

11.05.19 | Rosa Silva ("Azoriana")

Desejo que o sol espalhe
Com seus belos raios de luz
Na ilha que acende Jesus
A cor da vida num detalhe.

Quero que a brisa nos atalhe
Ao chão onde o verde reluz
E a ilha se renda em jus
À onda que de amor calhe.

Na onda estou em pousio
Sem estar em barco ou navio
Na terra que me dá brilho.

Minha onda sai da razão;
Maio anima o coração
Da mãe que vê chegar o filho.

11/05/2019
Rosa Silva ("Azoriana")

1° Maio 2019

01.05.19 | Rosa Silva ("Azoriana")

Tourada nas Fontinhas
(direto da Ratel Web Video)

Boa tarde na primeira
Tourada do "Maio"
Viva o povo da Terceira
Que nem precisa ensaio...
Por ser da ilha toureira
Já numa sextilha caio.

Viva Mário J Lima
Já presente na tourada
Aqui estou com minha rima
Cumprimento com estima
E fujam de uma marrada.

Onde andam a "batatinhas"
No cesto da tradição?!
Os pastores e capinhas
Já amparam esse chão
Na tourada das Fontinhas
Dou abraços de afeição!

É a festa soberana
Para quem a aprecia
Diz o povo não se engana
Que a Terceira é alegria
A ilha açoriana
Onde o Bravo tem primazia.

Estou a ver duas touradas
Uma aqui outra acolá
Ambas sendo visionadas
Na Terceira e Canadá
Na América admiradas
Pelos que nasceram cá.

Sai o toiro da gaiola
Com a bravura no ar
O povo a dar à sola
Pró toiro não o apanhar.
Só a capa rola, rola
Com o capinha a tourear.

No chapéu já foi prender
O santo que o esmola,
No peito consigo ver
O emblema que consola
Anda o pastor a correr
Por amor à camisola.

Casa de José Albino,
Herdeiros de Ezequiel,
Um e outro amor taurino
Que mantém povo fiel
Deem graças ao Divino
Por fazerem bom papel.

Rosa Silva ("Azoriana")

Os "Maios" da Cova da Serreta

01.05.19 | Rosa Silva ("Azoriana")

À "A Melhor Cantoria Ilha Terceira"
- Os "Maios" da Cova da Serreta 2019

Maios

Bom dia a toda gente
Que pela Cova passar
A Cantoria está presente
Em "Maios" de encantar.

Cumprimento o meu colega
Que é boa aparelha
Vais levar hoje uma esfrega
Pela gravata vermelha.

Viva os quatro elementos
Tocadores e cantadores
Fazem prova de momentos
Lindos na Terceira Açores.

Fizeste bem em louvar
Os que estão aqui sentados
Fazem a gente cantar
Em compassos acertados.

Em nenhum canto há mágoa
Tem a garganta molhada
Nem sequer falta a água
Para a cantiga animada.

Vais cantar o dia todo
Até a água acabar
Isto não é dia de bodo
Vinho é que vinha a calhar.

Parabéns aos construtores
Desta arte fabulosa
Mostraram os cantadores
Na Cantoria famosa.

Fazer rir o nosso povo
É o lema da cantiga
Faz rir que eu só louvo
O rapaz e a rapariga.

Fica a recordação
Que me inspirou aqui
A todos minha ovação
Pela alegria que senti.

O homem tu canta bem
Não dês passada errada
Aposto que ninguém tem
"Cantoria" tão animada.

Uma família que marca
Sempre o primeiro de maio
Vão rebuscar sua arca
Pró "Maio" não ter desmaio.

Vê como estão contentes
A ouvir nossa atuação
Muita vez estão presentes
Seja em terreiro ou salão.

O Sr. "Espírito Santo"
Cujo nome é mesmo assim
Creio que ele gosta tanto
Da cantiga até ao fim.

Aquele olhar de "maroto"
A esconder um sorriso
Acho que fica no goto
Os cantares de improviso.

D. Nivéria feliz
Ao lado de uma "velhinha"
Ouve a quadra que quis
Porque hoje ela é rainha.

Penso que te enganaste
Pois não é uma "velhinha"
Foi palavra que encontraste
Para rimar com rainha.

Palmas para o cantador
Na sua melhor faceta
Entre colchas, faia e flor
Viva a Cova da Serreta!

"JoãoSerreta" que diga
Ao pessoal desta ilha
Quanto custa uma cantiga
Feita desta maravilha.

Haja prémio pela lembrança
Haja prémio pelo trabalho
Um abraço à confiança
No verso não atrapalho
Viva quem sempre avança
Com "Maios" de bom retalho.

Viva Nivéria e seu marido
E seus filhos igualmente
Com gosto foi produzido
Um quadro que agrada a gente
Jamais por mim esquecido
O louvor é meu presente.

01/05/2019
Rosa Silva ("Azoriana")