Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

"Mal-amanhados" na Terceira

30.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

30/04/2020

Ai a linda ilha Terceira,
É minha e nossa mãe,
De ternura verdadeira...
Como ela não há além.

Ai que beleza inteira,
Da ilha que a gente tem...
Podia ser de outra maneira?!
Podia! Mas assim 'tá bem!

Ai como sempre te amo,
Ilha do meu nascimento,
Com verde, vivo talento...

O mar?! A brisa que chamo?!
É vaga, é touro, é rochedo,
É ilha de amor sem medo!

Rosa Silva ("Azoriana")

Tão gentil minha cunhada

28.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

nos.jpg

Tão gentil minha cunhada
Alvarina Fortuna Costa
É sempre bem aplicada
Na moldura que se gosta.

Que a vida nos sorria
A ela e seus parentes
Vai a noite e vem o dia
Que cá fiquemos presentes.

Amo tanto a minha casa,
Digo melhor, o meu lar,
Que a gratidão não atrasa
Para a Deus a entregar.

Meu sorriso se inquieta
Para se abrir em pleno
Desde há muito se decreta
Que ele tem de ser ameno.

Rosa Silva ("Azoriana")

Mãos de Talento

23.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Dedicado a Emanuel Félix:

Que orgulho angrense
Diria mesmo terceirense
Com tanto engenho e arte
Que chega a qualquer parte.

O génio que te pertence
No teu traço sempre vence
E a gente que o reparte
Sabe como louvar-te.

Em rima, quase a eito,
Num traço menos perfeito
É o que posso dar...

Para quem faz o que ama
E o nosso olhar chama
Para a tela admirar.

Rosa Silva ("Azoriana")

Os "mal-amanhados"

23.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Dedicado a Luís Filipe Borges e Nuno Costa Santos

Uma dupla, em viagem,
Corsários da era nova,
Em episódios à prova
De uma nota de coragem.

Merecem a homenagem
Bem a jeito de uma trova
Que outra forma inova
A sua bonita imagem.

Quero à quinta relembrar
Que o segundo vai pró ar...
O primeiro foi no Pico.

Faial a ilha veleira
Com amores pla Terceira
Que amor também dedico.

23/04/2020
Rosa Silva ("Azoriana")

A João Marcelino Costa - Maestro

20.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Dedicatória ao João Costa, marido da Helena Costa e pai de Beatriz Costa

Maestro de mente sã
Orgulho da nossa gente
É estrela na manhã
Com o seu ar sorridente.

Maestro de primazia
Dá de si tudo o que sabe
E dá honra à freguesia
É na Serreta que cabe.

Seu valor louvo agora
Com a plena convicção
Que a linda Virgem Senhora
Reina em cada atuação.

Para se servir o Povo
Há que ser como ele é
Da Banda desde bem novo
E nela segue com fé.

João Marcelino Costa
Com sua filha e esposa
É a tripla que aposta
Pelo bem, a melhor cousa.

O meu verso é pequeno
Perante a tua missão
Maestro bom e sereno:
Deus te guarde ó João!

Da prima que te estima
E da minha mãe também:
Aceita a nossa rima
Com o gosto que ela tem!

E aos meus filhos tu deste
O prazer p'la melodia;
Por tudo o que já fizeste
Bem-hajas em cada dia.

20/04/2020

Rosa Silva ("Azoriana")

Santo Amaro do Pico

19.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Ai saudades que de ti tenho
Minha "conchinha de amor"
Que ao ver-te me empenho
No estaleiro construtor.

Ai saudades de familiares
Que se lembram 'inda de mim
Alguns ausentes dos lares
Porque a vida é mesmo assim.

Amaro, Maria, Amélia, Odete,
Margarida, cônjuges e filhos,
Netos que só vejo pela net...
Ao vivo já perdi os trilhos.

Se voltar a Santo Amaro
Sem meu avô e minha avó
É sentir um desamparo
Do grito dela: Saudade!

Rosa Silva ("Azoriana")

Lágrimas ocultas (de menino)

19.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Dedicatória a todas as pessoas que choram sozinhas e/ou aquelas que sentem a dor e não a podem exteriorizar.

menino_da_lágrima.jpg

Lágrimas ocultas

Há lágrimas que se ocultam
Num estado de grande dor
Muito mais então machucam
O ramo do corpo interior.

Há lagrimas que nos sepultam
De tristeza, quando há amor;
E muitas delas me culpam
Tal como uma murcha flor.

Não chores "ó meu menino",
[Porque só choras na arte?!],
O choro também é ensino...

A lágrima se destruiu...
[A obra não se reparte]
À minha fez luto frio.

19/04/2020

Rosa Silva ("Azoriana")

Hino da emoção

13.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

A saudade é um repente
Que me sai do coração
Para alegrar o presente
Toca o hino da emoção. (bis)

I
Minha terra é uma flor
Perfume da vida inteira
Ela é o meu amor
É a minha padroeira
Mãe de fé e alegria
Onde eu quero voltar
Ó que linda freguesia
Minha ilha verbo amar.

A saudade é um repente
Que me sai do coração
Para alegrar o presente
Toca o hino da emoção. (bis)

II
O hino te faço agora
Minha terra imortal
Lindo sol brilha lá fora
E faz de ti um postal
Um postal primaveril
Num sorriso de criança
No regaço de abril
Haja o sol da esperança.

A saudade é um repente
Que me sai do coração
Para alegrar o presente
Toca o hino da emoção. (bis)
E dá voz ao coração!

Rosa Silva ("Azoriana")

Música do primo Joe Fagundes

Nova e Feliz Páscoa

12.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Sou humana me confesso
Ter tanto de bem e mal
E a Deus agora peço
O Perdão sem outro igual.

Perdoa, não sou perfeita,
Na vida nem nas ações...
Sem a Hóstia estou sujeita
A partir sem atenções.

Atenções do Pai Eterno
E da Sua Mãe puríssima
Parte de Seu corpo terno
De Espírito Santíssima.

Entra em meu coração
E de quem vive comigo
Por meio desta oração
Vem e sede nosso Amigo.

Pai Nosso que és Amor,
Amas o mundo infinito,
Limpa a sombra desta dor
Dá-nos teu Braço bonito.

Seja feita a Vossa vontade
Na Terra como no Céu;
Salva a Humanidade
Entrega-lhe o Bom troféu.

12/04/2020

Rosa Silva ("Azoriana")

16º Aniversário do blogue Azoriana - terceirense das rimas

09.04.20 | Rosa Silva ("Azoriana")

Antes que o dia se apague
Para acender o escuro
Nesta hora se divague
Sobre o blogue e o futuro.

Dezasseis anos ele faz...
[É "Quinta de Lava-Pés"]
O blog ainda me satisfaz
E quer ver-te como és.

Se és amigo ou amiga
Da minha quadra rimada
Que se alguma vez castiga
Em outra fico obrigada.

São flores da minha alma
Que espalho pelo mundo;
Se não receber a palma
Fica a semente no fundo.

Obrigada a quem visita
Este humilde casarão
Só quem vê é que acredita
Na escrita de paixão.

A paixão não é Paixão
Uma alegre e [outra Triste]
A paixão é de coração
Para o blogue que persiste!

Obrigada!
Parabéns para azoriana.gifo original desde 09/04/2004
Rosa Silva ("Azoriana")

Pág. 1/2