Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(767 até agora)

Motivo para escrever:
Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********


Mentira (ou não?!) - para a «Fábrica de Histórias»

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 22.10.08

«Recentemente recebi um convite da Azoriana:

Convido Você e Exª Família para um jantar convívio que se realizará na “Casa da Azoriana” no dia de São Martinho, pelas 19 horas. A recepção terá uma surpresa. Traga consigo o prato preferido e partilhe-o connosco.

A surpresa é que me ficou a atormentar... O que será que se vai passar?! Matutei nisto um bom bocado e (como não aguentei), abeirei-me do telefone e disquei o número que vinha no canto inferior direito.

Disquei e aguardei os “tim... tim... tim”. Atendeu uma voz de criança que indagou: - Quem fala? Eu respondi e pediu-me que aguardasse um bocadinho que neste momento a mãe estava a lavar a louça e que ia enxugar as mãos... Nunca acerto no horário para ligar para ela... Ou está na louça, ou “foi ali e já vem” ou, ainda, “acabou mesmo de sair”. Incrível porque sei que a maior parte das horas vagas, passa-as a engendrar um novo artigo para o seu querido blog para não pensar que ainda não está com tudo resolvido para mudar para a “Casa da Azoriana”... Nem sei se chegará o dia... Puxa, que demora para limpar as mãos!... Será que a gordura chegou aos cotovelos?!

Nisto reconheci a voz que chegava ao ouvido. Perguntou logo quem era... e eu ri-me e disse-lhe o que acabara de pensar: - Tens gordura até aos cotovelos, mulher?! Ela reconheceu-me a voz e disse: - Pois tenho! Nem imaginas quanta! O jantar foi coelho à minha moda... E riu-se tanto que foi uma inquietação para encontrarmos o ponto de seriedade.

Passados os sorrisos lá fui eu perguntando assim naquele jeito que ou ela respondia ou mandava-me dar uma volta. Esta última parte não é muito usual nela. Talvez o mais certo era dizer “surpresa é surpresa” e não me adiantar mais nada... E não é que ela disse mesmo “surpresa é surpresa”, copiando-me a expressão, que nem é minha... Eu não me contentei com isso e fui dando-lhe a volta, torneando as frases, até que ela se descaiu:

- Prometes não dizer a ninguém?

Eu que estava já a inquietar-me para aguentar tanto suspense disse logo: - Prometo!

- Olha, então cá vai... É que resolvemos casar nesse dia e juntar os amigos mais chegados. Como as coisas não estão para gastos extra, resolvemos inovar com a ideia do “prato preferido”. Das bebidas cuidamos nós, se não faltar a água na torneira... (E parou para dar uma das suas gargalhadas, continuando...) – Achas que vai aparecer alguém?

- Talvez, mas lembra-te que é dia de São Martinho e há mais festas nesse dia. O vinho é quem mais ordena... Mais perto avisas se não for para haver festa?

- Claro. E se não houver água bebe-se vinho e come-se castanhas que talvez alguém nos traga. Agora deixa-me ir acabar de lavar a loiça porque, graça a Deus, aqui não me faltou a água.

- Boa noite e até ao dia de São Martinho à tua festa “Txanã”!»

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

Joanina a 22.10.2008

Oh pah, a ser verdade, bem que podiam ter esperado um bocadinho mais e tinham resolvido casar no Natal... Ai podiam contar com a minha presença! De qualquer modo gostei do artigo! Esta "fixe"!! Aguardo os desenvolvimentos...
Bj da Jo
Imagem de perfil
Hehehehehe Vais ter de aguardar para saber qual a verdade no meio disso tudo. Eu parece-me que cumpri com o tal de "credível" que era pedido... Agora se é verdade ou não isso pode ser revelado mais tarde. Num evento dessa envergadura não ia perder a tua presença mas de jeito nenhum.
(Ainda estou a rir... acredita )
Bjos
Imagem de perfil

Joanina a 22.10.2008

Quanto ao "credível" cumpriste 100%, pois eu fiquei logo com "a pulga atrás da orelha" e a pensar: Será que vamos ter casório?... Mas se dizes que não iam perder a minha presença, assim fico mais descansada!!... E continuo a aguardar os desenvolvimentos...
Bj da Jo
Imagem de perfil

Chicailheu a 22.10.2008

Que casamento Original!
Para casar qualquer dia serve, mas assim poupam nas despesas...pelo menos castanhas e vinho não hão-de faltar!
Não faltes e quem sabe "bota" uma cantiga!
beijos
Chicailheu

P.S. Morreu o srº Jorge Bretão, irmão do Luís, que vivia em Lisboa, mas passou o Verão todo cá!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
15 ANOS
2019/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

in DI Domingo. Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações