Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(767 até agora)

Motivo para escrever:
Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********


Canteiro de Amor

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 14.03.19

Matilde Correia

Se fosses viva, ó mãe,
Hoje estarias em festa;
Teu aniversário também...
Há anos que não se presta.

Farias setenta e nove
(Foste aos sessenta e três)
E hoje só nos comove
Dezasseis anos que fez.

Bendita e louvada seja
A tua alma com Deus
É o que a Rosa deseja,
Irmã e os parentes teus.

É um canteiro de Amor
Onde floresce mais rima
Para aliviar a dor
Que tinhas sempre ao de cima.

14/03/2019
Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ao Zé Pastor (José Freitas)

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 07.03.19

De raízes na Terceira
Ilha do teu coração
És Pastor de alma inteira...
Filho da nossa Região.
Nunca esqueces de cá
Do tempo de brincadeira
Vives bem no Canadá
Com a mente na Terceira.
Pastor que eu acarinho
Meu cunhado e amigo
Se te sentires sozinho
Canta um verso antigo.
Canta a tua paixão
Pelo querido S. Bento
"Capital" da tua emoção
E berço do teu talento.
Tu adoravas a festa
Carnaval era contigo
Da ilha tudo o que resta
Tens saudade meu amigo.
Não quero a tristeza
Nestas linhas que te dou
Quero só ter a certeza
Que delas alguém gostou.
Teu sorriso encantador
Fica bem no teu retrato
Um abraço ao Zé Pastor
Inspiraste o meu relato.
Se havia amizade
Ela agora é maior
Porque junta a saudade
Que dizem que é pior.
Não quero que fiques triste
Nem uma lágrima a rolar
Quero que saibas que existe
Gente que te quer louvar.
Um abraço apertado
Da cunhada e teu irmão
Estás sempre ao nosso lado
Em qualquer ocasião.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ricardo Ávila (dedicatória)

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 04.03.19

Ricardo Ávila / Dedicatória:

Ricardo Ávila

Sabes? Gostei muito de vos ver
Naquele salão, podes crer,
Fizeste o melhor de ti;
Com gestos ou com a voz
Ao trabalho bom e veloz
Meus aplausos ergo aqui.

Sabemos que és vedeta
(Eu vi-te foi na Serreta)
E a Serreta de ti viu:
Belo papel para cantigas
No bailinho sem raparigas
Que a gente tanto aplaudiu.

Brilhou tua sapiência
Que é melhor que a ciência
Porque nasce de um dom;
Fazes bem a tua arte
Vais também a qualquer parte
E investas qualquer som.

Ricardo nem sei que diga
Em prosa ou em cantiga
Dás-nos contos, prosa e pão
Lembro do Júlio que foi
Mas continua herói
Dentro do teu coração.

Nossa luta continua
P'la Serreta "minha" e "tua"
Podia se construir
No reino da Sociedade
Uma nova variedade
Para o Povo atrair.

Deus te dê inspiração
Sejas tu crente ou não
Sejas um moço ator
Não deixes esvaziar
O dom que tu sabes dar
No palco como autor.

Viva o Carnaval da Terceira!

4/5/2019
Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Santuário de Fátima

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 02.03.19

A minha forma de rezar
É rima como se fosse
P'ra melhor embelezar...
Senhora de Amor tão doce.

Ao mundo fé exemplar
Pelos pastorinhos trouxe
Não mais pararam de orar
O Amor além fixou-se.

Nossa Mãe, Senhora minha,
És de Portugal Rainha,
Teu altar é a Nação.

Aumentai a minha fé
Para vincar que assim é:
Rainha da Salvação!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sociedade Filarmónica da Serreta. "Sábado Gordo"

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 02.03.19

Agora Sim, é CARNAVAL!

A "MALTA DA SERRETA"
Nesta hora se apronta
Para tirar da "gaveta"
O Safari que nos conta.

Agora me sinto "em casa"
Vos digo com muito gosto
Minha rima não se atrasa
Mesmo com chuva e sol-posto.

O salão está mui galante
Bela obra de quem fez
Viva o nosso e o emigrante
Povo que deu por sua vez.

Ó Serreta encantada
No altar de uma montanha
Com a Senhora amada
Com pouco tudo se ganha.

Meu troféu de alma crente,
Meu amor, rima doada,
Pelo meu povo ausente
Digo que estou consolada.

Como é lindo o Carnaval
Foi com ele que nasci:
Viva o grande Festival
Como o nosso nunca vi.

2/3/2019

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
15 ANOS
2019/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

in DI Domingo. Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações