Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(767 até agora)

Motivo para escrever:
Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********


Recordação (2016) - Foi Deus que à Terra trouxe...

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 18.08.16

Foi Deus que à Terra trouxe
Para o Povo adorar
Sua Mãe que é tão doce
Uma flor p'ra perfumar.

Quem dera que assim fosse
No mundo e em cada lar
Treva com Luz apagou-se
E brilha como o Altar.

Ó meu Deus que linda é
Maria com nossa fé,
Muito amor e devoção.

Um sorriso no sol-posto
E na aurora que dá gosto,
Ao Canto da Oração!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

A subida de uma Estrela

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 15.08.16

Bom dia p'ra quem esteja

No vitral da inspiração

E com a Mãe da igreja

Senhora da Assunção.

 

Subiu ao céu p'ra que seja

Lembrada nesta estação

Para que o mundo veja

O brilho da devoção.

 

Mesmo que não seja crente

Ou o seja em demasia

Há algo que une a gente...

 

Quer-se a paz interior

P'ra ver subir neste dia

A razão de haver Amor.

 

Rosa Silva ("Azoriana")

15/08/2014

Autoria e outros dados (tags, etc)

Do meu agrado... a Fajã da Serreta!

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 02.08.16

Fajã da Serreta

Fajã da Serreta

DO MEU AGRADO
A FAJÃ DA SERRETA

Na fajã tem o perfume salgado
A solitude da mãe natureza;
Tem o produto que se quer na mesa,
A sua ponta nome de Queimado.

A fajã é vale dum imenso prado,
Repouso lindo de tanta riqueza;
E vejo no mar, com delicadeza,
Ave imersa de bico inclinado.

Trago gravada, p'ra mim, a imagem
Daquele cenário que gosto de ver
E naquela cena me deixo viver...

É Verão… Aquece a fina aragem…
Na rocha dança salgada maresia;
Em mim a chama dela ser um dia.

2016/08/02

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Boa tarde a todos (as)

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 01.08.16

Mata da Serreta

A tarde está como se quer
Nem fria nem muito quente
E para mim, que sou mulher,
Visto branco tão contente.

Minha terra, deusa e mãe,
Que feliz que tu me fazes
E por mim está tudo bem
Minha terra de cartazes.

Cartazes de cantorias,
Cartazes de festa brava,
E festas nas freguesias
Que a minha mente grava.

Diverti-me à maneira,
Fiz até mais do que quis,
A Serreta da Terceira
É para mim pulmão feliz.

De verdes engalanada
Em prados e por colinas,
Com nossa gente imigrada
Trazendo cores divinas.

Digo isto com orgulho,
Digo isto com prazer:
Dou o laço ao embrulho
Da rima que sei fazer.

2016/08/01
Rosa Silva (“Azoriana”)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quadro perfeito

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 30.07.16

Os filhos são como flores
No regaço da sua mãe,
Sorrisos encantadores
Provam que se querem bem.

Os filhos são como a aurora
Enfeitada de ternura
E lembram p'la vida fora
Os abraços da doçura.

Já conheço esse quadro
Três vezes os abracei
No pórtico de cada adro
Por isso digo o que sei.

Potente um sorriso terno
No quadro mais-que-perfeito
As cores do amor materno
Produzem um belo efeito.

Rosa Silva ("Azoriana")

Gravado para Rádio Portugal USA

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
15 ANOS
2019/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

in DI Domingo. Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações