Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Clique e veja o que acontece


Açoriana

por Azoriana, em 12.12.17

Não fui escolhida
Apenas fui colhida
Das entranhas da terra
Para ser serra de mim
No púlpito do juízo
Enxovalhado do rigor
Um juízo de amor
Por ti
Palavra que me solta
Das amarras da solidão
Numa caixa de cartão
Verde, muito verde,
Porque de verde ninguém perde
Nem o campo
Nem a cidade
Nem a bondade.
Vejo-me entre valados de ti
Na pálpebra da manhã
Onde o orvalho respira
Sofregamente
Indolente
Não fui escolhida na certa
Mas a palavra me desperta
A tua carícia de versos
Entre um sorriso escarlate
No mar da pele
Na mira do teu olhar
Acetinado!!!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações