Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Balada de ilhéu

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 27.10.18

Para o Pipoca - Paulo Borges

Tens saudades de estudante
Na Coimbra que viveste
Sei que na ilha és radiante
Mas tu da "cabra" não esqueceste.

Da Pampilhosense não
Passa um dia que não seja
Para lembrar a união
Que a trompa te bafeja.

Sei que estudaste a valer
E continuas nessa missão
Ouvindo a balada que há de ser
A lembrança do coração.

Os amigos que te acenaram
Num "adeus" quase eterno
Por ti sei que muitos afinaram
Num sorriso fino e tão terno.

A mãe de um universitário

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal


Azoriana no MundoPT

LIVRO editado:

Serreta na intimidade


LIVROS não editados:


2019
2018
2017
Assim de repente
(https://ajb521.s.cld.pt)
Letras cadentes
Letras luminosas
(https://ajb521.s.cld.pt)
Leves escritos
Lírios da escrita
O canto da Ave
Palavras açorianas
Recheio de Rimas
https://pt.scribd.com/document/102287547/Recheio-de-rimas
Sentir de ilhoa
Serreta documentário
Serreta em rimas
Sopro de vida
Todo o amor que me lavra

DESTACO
Folhetins/Fagundes Duarte
FONSECA DE SOUSA
SAPO: O prémio


ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações