Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Beijo d'Água

05.06.21 | Rosa Silva ("Azoriana")

Foto de Alfredo Lemos

(Foto da autoria de Alfredo Lemos, gentilmente cedida e inspiradora da minha dedicatória)

 

Menina de olhar presente
Serena de paz morena
Sobranceira e ou pequena
À vista de nobre gente.

Lábios de anseio quente
Numa tela tão amena;
Lábios (a lua acena!),
Frios de água corrente.

Menina fresca da Mata,
Fonte que o Posto acata,
Por Santo, ter sido, então.

Menina que é honrada,
Por bem ter sido levada
Ao canto de um pulmão.

Rosa Silva ("Azoriana")