Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Coração de Geólogo (com um terceirense)

25.04.17 | Rosa Silva ("Azoriana")

Cenário de coração
Capas negras em ação
Na melhor fotografia
O martelo é amuleto
Que junta azul ao preto
Curso de Geologia.

Quero vê-los a sorrir
Em Coimbra sempre abrir
Numa Queima sem igual
Rapazes e raparigas
Serão as vozes amigas
Num desfile triunfal.

Cantam a doce esperança
Sonho (ou não) de criança
Tarefa para cumprir.
A "cabra" cantou a jeito...
Nasceu o traje é perfeito
Capas negras a luzir.

Faz-se o fado com vocês
Catorze em português
Catorze em união;
"Coimbra tem mais encanto"
Ofereço este meu canto
Dos Açores e meu torrão.

Rosa Silva ("Azoriana")

1 comentário

Comentar post