Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Açoriana - Azoriana - terceirense das rimas

Os escritos são laços que nos unem, na simplicidade do sonho... São momentos! - Rosa Silva (Azoriana). Criado a 09/04/2004. Angra do Heroísmo, ilha Terceira, Açores. A curiosidade aliada à necessidade criou o 1

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(940...pausa... 981)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



3. Entrevista a 18 de novembro 2023 in "Kanal Açor"


**********

Meu SOPRO DE VIDA (livro não editado)

21.09.14 | Rosa Silva ("Azoriana")

Para mim, o Sopro de vida.pdf, é mais um, que por falta de apoio das entidades culturais açorianas, vai ficar-se pela “maquete”, pois a valorosa autora não tem suporte financeiro que lhe permita realizar a sua edição.

É uma pena, mas é uma realidade, que por razões meramente economicistas, obras de grande interesse cultural, como é o caso, se ficam pela “gaveta”, a aguardar melhores dias.

Quanto ao livro em si, este SOPRO DE VIDA, entendo que é a vida num sopro, (instantes de inspiração), onde a autora Rosa Silva (Azoriana) consegue transmitir-nos as vivências, os factos, os acontecimentos e até os sonhos, duma forma em que a clareza da descrição, transforma os poemas e os relatos, em verdadeiras mensagens a quem ninguém pode ficar indiferente.

Só me resta incentivá-la a que não desista, para que a cultura popular açoriana, não perca mais um veículo da sua divulgação.

José Fonseca de Sousa
(Lisboa)

1 comentário

Comentar post