Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(900 até agora)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Com os melhores agradecimentos pelas:

1. Entrevista a 2 de abril in "Kanal ilha 3"



2. Entrevista a 5 de dezembro in "Kanal das Doze"



**********


O livro, o convite, o lançamento e a feliz emoção

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 18.10.14

A Cecília e ao marido,
Que conheci na Terceira;
Meu abraço agradecido,
Feliz estive à sua beira.

O seu livro eu já li
É lindo dou a certeza;
Ainda bem que conheci
Filhos da ilha portuguesa.

Bem-haja a D. Cecília,
Por tudo o que tem de seu;
Bem-haja toda a família
E a quem a olha do Céu.

"Não peças contas a Deus"
É uma expressão sincera
Que na terra se venera
Por alma de entes seus.

Cecília e João, o casal,
Que muito lutaram na vida
P'ra ter forma garantida
E triunfo pessoal.

A vida é como uma barca
Que navega em alto-mar;
Sobrevive quem deixar
No mundo a boa marca.

Não sabemos a missão
Que Deus a nós destinou;
Só se sabe que findou
Quando já cá não estão.

Rosa Silva ("Azoriana")

 

Para a Rádio Portugal USA, programa «Voz dos Açores», de Euclides Álvares, na rubrica «Um cheirinho da Terceira», vinte anos depois (9/4/1994), no dia do lançamento do livro "Cecília & João Pires - Uma Leitaria em Gustine - Califórnia", da autoria de Liduíno Borba, da coleção "Figuras da Diáspora 02", com Prefácio de Monsenhor Ivo Rocha.

A minha participação, que me fez sentir muito honrada, encontra-se nas páginas 239 à 242 (em português) e 250 à 253 (em inglês), com um poema ao casal Pires, na festa do 65º aniversário de João Borges Pires; uma quadra do Pezinho e uma sextilha da Cantoria, realizada na festa junto à "Santinha do Mato", em 24 de junho de 2014.

Eis o convite que recebi e conto estar presente, hoje, no lançamento de tão lindo livro, com um total de 384 páginas, da cor do mar, do céu e da alma açoriana, um azul cristalino, com imagens lindíssimas de toda uma vida de trabalho, dedicação e amor.

Cecília & João Pires

 

Para mim, a imagem do Periquito, a do "Amor a Três...", a da "Santinha do Mato", a da página 165, a da página 283 e a da montagem de José Enes com a rosa de Robert, são as que ficam gravadas no coração e na memória...

 

Que uma roseira se plante.
Junto ao poste nasça a rosa;
Que seja a paz do semblante
De uma alma ditosa.

Seja junto ao poste velho
Onde a cruz está presente;
P'ra que seja um conselho
Que fica p'ra muita gente.


Angra do Heroísmo, 18 de outubro de 2014, sábado.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DE CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
16 ANOS
2020/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

Just a piece of me
to the amazing world.


RETALHOS DE MIM
Ser AMIGO afinal
É muito mais que amar
É dizer o que está mal
Sem nunca mal se ficar.
...
Isto não é artimanha
Nem coisa de fazer mossa
Há quem queira e não tenha
Há quem tenha e não possa.
...
Na encruzilhada do ser
Há desejos florescendo
Ansiosos por caber
Na lava que vai nascendo.
...
A poesia é a mais bela
Temperança do viver
Quando crescemos com ela
Mais cresce o nosso ser.

Angra do Heroísmo
ilha Terceira - Açores.


in DI Domingo.
Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Angrosfera

Blogues que sigo

Câmara Municipal AH

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Sítios onde estou

Voz dos Açores - gravações