Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1° Maio 2019

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 01.05.19

Tourada nas Fontinhas
(direto da Ratel Web Video)

Boa tarde na primeira
Tourada do "Maio"
Viva o povo da Terceira
Que nem precisa ensaio...
Por ser da ilha toureira
Já numa sextilha caio.

Viva Mário J Lima
Já presente na tourada
Aqui estou com minha rima
Cumprimento com estima
E fujam de uma marrada.

Onde andam a "batatinhas"
No cesto da tradição?!
Os pastores e capinhas
Já amparam esse chão
Na tourada das Fontinhas
Dou abraços de afeição!

É a festa soberana
Para quem a aprecia
Diz o povo não se engana
Que a Terceira é alegria
A ilha açoriana
Onde o Bravo tem primazia.

Estou a ver duas touradas
Uma aqui outra acolá
Ambas sendo visionadas
Na Terceira e Canadá
Na América admiradas
Pelos que nasceram cá.

Sai o toiro da gaiola
Com a bravura no ar
O povo a dar à sola
Pró toiro não o apanhar.
Só a capa rola, rola
Com o capinha a tourear.

No chapéu já foi prender
O santo que o esmola,
No peito consigo ver
O emblema que consola
Anda o pastor a correr
Por amor à camisola.

Casa de José Albino,
Herdeiros de Ezequiel,
Um e outro amor taurino
Que mantém povo fiel
Deem graças ao Divino
Por fazerem bom papel.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

As ilhas do "Triângulo" - Pico, Faial e São Jorge

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 16.03.19

"Cais do Pico" é um ângulo
Com temas no seu alforge
Vem nos mostrar o Triângulo...
Pico, Faial e S. Jorge.

Ficamos a admirar
Toda a sua destreza
Inquietos por visitar
Tanta vida com beleza.

Lá na terra do meu pai
Que tanta saudade tenho
Da minha mente não sai
Fixei bem o seu desenho.

Santo Amaro vai à proa
Do barco lá construído
S. Jorge, santa pessoa,
A seu lado vai destemido.

No veleiro atracado
Alguém visita o Faial
Deixa o marco desenhado
Pra nada lhe fazer mal.

São três ilhas, três amores,
São três cais de maravilhas,
Trio dos nossos Açores
Que do mar são redondilhas.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Agradecimento

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 14.12.18

JO_tolerancia_natal2018.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Montanha da ilha do Pico

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 24.11.18

És o rei açoriano
Que de branco se envolve
O teu nome é soberano
Que na bruma se absolve.

E tens a dupla versão
De alegria tamanha
És da nossa Região
A altíssima Montanha.

Da ilha que tanto adoro
Que dela eu tenho parte
E nela eu também moro
Nem que seja por amar-te.

Sou feliz quando te vejo
E vejo o teu convés
Em mim há sempre o desejo
De te ver como tu és.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ilha

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 31.07.18

A ilha cai-me de braços
Entre mimos e abraços
Da saudade escancarada
No desespero de nada.
A ilha é fogo de amor
Lilás nobre cor
Presente de vida
No peito escondida.

Sou tua
Minha ilha
Meu tesouro
Da lua
Maravilha
Sol de ouro.
Sou tua
Natural
Jóia querida;
Da rua
Arraial
Nobre corrida.


A ilha faz-me saudade
Acontecer em quantidade;
Sem ti eu não posso viver
Sem ti há um sonho a doer.
A ilha milagre dos céus
Um mundo de ilhéus
Melodia encantada
De uma alma apaixonada.

31/07/2018
Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")
DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
DEZ ANOS
2014/04/09

Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.


SELO
Azoriana/Açoriana Blog
Azoriana/Açoriana Blog
@ 2004 etc.
VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 – Azoriana no MEO Kanal


Azoriana no MundoPT

LIVRO editado:

Serreta na intimidade


LIVROS não editados:


2019
2018
2017
Assim de repente
(https://ajb521.s.cld.pt)
Letras cadentes
Letras luminosas
(https://ajb521.s.cld.pt)
Leves escritos
Lírios da escrita
O canto da Ave
Palavras açorianas
Recheio de Rimas
https://pt.scribd.com/document/102287547/Recheio-de-rimas
Sentir de ilhoa
Serreta documentário
Serreta em rimas
Sopro de vida
Todo o amor que me lavra

DESTACO
Folhetins/Fagundes Duarte
FONSECA DE SOUSA
SAPO: O prémio


ISSUU

MEO CLOUD





Links

Voz dos Açores - gravações