Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(Mais de 755 até agora)

Motivo para escrever:
Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********


Cheia de lua

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 12.01.20

À janela está a lua
Toda redonda de brilho
Tanto é minha como é tua
Como mãe que gera o filho.

Em janeiro cá na rua
Enrugada no meu trilho
Vejo que ela em mim atua
Como o dedo no gatilho.

Ó minha lua vestida
De carinho, doce mel,
Tendo o céu como painel.

Canta janeiras, querida,
Enfeita males de tinta
Que o meu verso a ti pinta.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

A ilha em poema

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 11.01.20

Ilha transpira de mar
A Terra que está a nu
O homem transpira a cru
Nos olhos do verbo amar.

Terceira é ilha sem par,
Não é como eu e como tu,
Tem o poema da Turlu
Que brilhou por cá morar.

E louvo a vida em rima
A gente que ama e estima
Os poetas da Terceira.

E traço a linha do verso
Que mergulha no universo
Com amor pra vida inteira.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

As cores ilhoas

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 09.11.19

Rasgos de luz colorida
Matizam os nossos ares
Embelezam nossa vida
Dão magia aos olhares.

Acendem as perspetivas
As nossas cores ilhoas
E ao verso incentivas
Nas rimas que apregoas.

Que lindo é assim termos
Motivos para ficar
Na sina também obtermos
Qualquer cor a balançar.

Minha terra, meu sentido,
Pão nosso de cada dia
Mais o tom enaltecido
Das cores da alegria!

Rosa Silva ("Azoriana")

Inspirada na foto de Sara Botelho

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cores da Festa Brava

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 03.10.19

Parecem lápis de cores
Colorindo o arraial
Na Terceira, dos Açores,
Este é o cenário ideal.

A tourada é afinal
Caso de alegria ou dores
Se há marrada coisa e tal
Faz nódoa aos recetores.

Quem sabe lidar o bicho
Por amor ou só capricho
Não se vê atormentado.

Cada um faz o que quer
Viva o Bravo que fizer
Arraial movimentado.

Rosa Silva ("Azoriana")

Nota: Inspirada in "AZOR+"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Rima de ilhoa

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 29.09.19

As ilhas tem outra cor
Na pequenez do seu nada
O verde tem seu valor
E o azul maior camada.

As ilhas tem outro cheiro
Natureza perspicaz
Tem um quadro pioneiro
Em tudo o que o ilhéu faz.

Só quando a mãe natureza
Se exalta em algum dia
Faz pausa na sua beleza
E um traço na alegria.

Mas ao passar da tormenta
Volta a ser pura e bela
Naquilo que não sustenta
Nós cuidaremos dela.

Ai tanto que eu já vi,
Nestes rochedos do Mar,
Com a Terra aprendi
O que tira e pode dar.

E quando há réstia de medo
Aprendi ao Céu orar
Olhando a Cruz do segredo
Que faz o medo passar.

Em oitenta nasci de novo
Numa ilha a balançar
Entre pedras e um povo
Que reconstruiu o seu lar.

Brinquei, chorei e... sorri,
Amei ao ritmo de ilhoa;
E se ainda estou aqui
É p'ra rimar sem que doa.

29/09/2019
Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
15 ANOS
2019/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

in DI Domingo. Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações