Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(797 até agora)

Motivo para escrever:

Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********

Entrevista a 5 de dezembro:


"Tudo se vai"

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 23.01.21

Um xaile de nevoeiro
Faz-me recordar de outrora
Vizinha Nossa Senhora
No alto do seu viveiro.

Não nesse lado o primeiro
Santuário que agora
Chama os que estão por fora
Rendidos a um cativeiro.

"Tudo se vai" é o que sinto...
E juro-vos que não minto
No átrio da oração.

Fui feliz naquela serra,
Que hoje entre Mar e Terra:
"Tudo se vai" mas Ela não.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Ainda o FADO

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 17.01.21

Era linda a minha mãe
Porque toda a mãe é linda
Para o filho que quer bem
O amor nunca mais finda.

Mãe, eis aqui o teu FADO
Na moldura mais antiga;
Oxalá seja cantado
Por uma voz tua amiga.

Amizade faz-se agora
Amizade não tem hora
É quando um homem quer.

Por isso haja quem cante
Quem hoje está distante
E continua Mãe, MULHER!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

António Coelho, emigrante terceirense

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 16.01.21

Do velho ele faz o novo
Com seu dom reparador
Essa arte que eu louvo
Do forte trabalhador.

António é altarense
Dos Morros me diz então
Emigrante terceirense
Patriota região.

Faz da chapa o seu pão,
Na bandeja da saudade,
E lembra do seu torrão,
Que deixou, na mocidade.

Janeiro de vinte e um,
Ano que mal começou,
Numa conversa comum,
Com palavras nos abraçou.

Ó ilha Terceira querida,
Que vive em teu coração,
Falar dela dá-te vida
E dura como a paixão.

Na sexta quadra que faço
Com o mote da alegria
Recebe apertado abraço
Meu e tua freguesia.

Rosa Silva ("Azoriana")

Nota: Inspirada na conversa a 14/01/2021.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cara-meia

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 14.01.21

O olhar é o sorriso
Que a gente agora vê
Nem o dente é preciso
Só a dor e sei porquê.

Porque a hora do dentista
Não se pode evitar
Para a cura é um artista
E a dor pode tirar.

O dente é necessário
Para comer e sorrir
O meu já é tão precário
Que vale mesmo cobrir.

Estou mesmo desgostosa
Pela boca estar feia
Com máscara estou formosa
Só se vê a cara-meia.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terra abençoada

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 12.01.21

eira primos

primos

Nesta terra abençoada por Maria
A Virgem Mãe de Jesus
O trabalho era pão para cada dia
E à lembrança me conduz.

O ti Chico e o ti Manel
Com mangual na boa eira
Na parceria que era fiel
Na Serreta, ilha Terceira.

Ao rever estas imagens
Do tempo que eu era nova
Relembro dessas viagens
Que de trabalho são a prova.

E o carro que bem cantava
A batuta era a aguilhada
Junto à eira então parava
Qual a vaca mais cansada?!

Ó Serreta, ó Serreta,
Heroína de emoções,
Ó Serreta, ó Serreta,
De trabalho e orações,
De amizade e folia,
Costumes e tradições,
E de tanta alegria
Bordada nos corações.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DE CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
16 ANOS
2020/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

Just a piece of me
to the amazing world.


RETALHOS DE MIM
Ser AMIGO afinal
É muito mais que amar
É dizer o que está mal
Sem nunca mal se ficar.
...
Isto não é artimanha
Nem coisa de fazer mossa
Há quem queira e não tenha
Há quem tenha e não possa.
...
Na encruzilhada do ser
Há desejos florescendo
Ansiosos por caber
Na lava que vai nascendo.
...
A poesia é a mais bela
Temperança do viver
Quando crescemos com ela
Mais cresce o nosso ser.

Angra do Heroísmo
ilha Terceira - Açores.


in DI Domingo.
Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações

Blogues amigos

  • Em breve