Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(767 até agora)

Motivo para escrever:
Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********


Eu Te amo ó Mãe de Flores!

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 22.08.20

Fonte de inspiração a imagem: Ricardo Laureano
Letra: Rosa Silva, terceirense das rimas
Translation: I love You Flowers Mother!

A alegria das flores
Exalam o seu odor
E vão curando as dores
De quem vive sofredor.

Quem ama as belas cores
De um altar de Amor
Mesmo que sofredores
Saem de lá com fulgor.

E se à Serreta vais
Por caminhos e canais
Abraças a devoção.

No regresso ao teu lar
Beijas o verbo amar
Com lábios de oração.

Translation:


The flowers hapiness
Brings a good smell
And take off the sadness
Of someone not well.

Who love that kindness
At the tron love sell
People with sichness
Receives her love bell.

And if at Serreta you go
By roads and channels so
You hugg the devotion.

By coming back home
You kiss love that some
With the prayer lips donation.


Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

"Mal-amanhados" na Terceira

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 30.04.20

30/04/2020

Ai a linda ilha Terceira,
É minha e nossa mãe,
De ternura verdadeira...
Como ela não há além.

Ai que beleza inteira,
Da ilha que a gente tem...
Podia ser de outra maneira?!
Podia! Mas assim 'tá bem!

Ai como sempre te amo,
Ilha do meu nascimento,
Com verde, vivo talento...

O mar?! A brisa que chamo?!
É vaga, é touro, é rochedo,
É ilha de amor sem medo!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sonho da madrugada

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 21.03.20

O sonho da madrugada
Num apelo ressoou
"Escravos da Caminhada"
A Senhora me chamou.

Depois desta quarentena
E reserva de saídas
Muito mais que uma dezena
Hão de andar nas subidas.

E pelos caminhos da ilha
Dos Milagres, Mãe Aurora,
Far-se-á uma partilha
De quem se salvar agora.

As mães velhinhas delegam
Em quem tal causa aceitar
E nossos caminhos eles regam
Com seus pés a caminhar.

E ao jovem promissor
Seja ele crente ou não
Faz o gesto de Amor
Faz-se Escravo da missão.

Salve nobre Padroeira
Da Serreta Santuário
Salva o povo da Terceira
Salva a todos com Rosário.

João Pires, o Reitor,
À porta da viva igreja,
Seja o bordão de Amor
Ao sonho que me enseja.

O caminho de Esperança,
A origem da Virtude,
Sinto a flor de Criança
A orar pela Saúde!

Quem aceita esta Graça
Da mente nascida agora;
O "SIM" ó Mãe se Te faça:
Sim! Virgem Nossa Senhora!

Teu sorriso nos espera,
Em coro de humildade,
No florir da Primavera...
Salva nossa Comunidade!

21/03/2020

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
15 ANOS
2019/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

in DI Domingo. Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações