Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Criações de Rosa Silva e outrem; listagem de títulos

Em Criações de Rosa Silva e outrem

Histórico de listagem de títulos,
de sonetos/sonetilhos
(767 até agora)

Motivo para escrever:
Rimas são o meu solar
Com a bela estrela guia,
Minha onda a navegar
E parar eu não queria
O dia que as deixar
(Ninguém foge a esse dia)
Farão pois o meu lugar
Minha paz, minha alegria.

Rosa Silva ("Azoriana")

**********


Eu Te amo ó Mãe de Flores!

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 22.08.20

Fonte de inspiração a imagem: Ricardo Laureano
Letra: Rosa Silva, terceirense das rimas
Translation: I love You Flowers Mother!

A alegria das flores
Exalam o seu odor
E vão curando as dores
De quem vive sofredor.

Quem ama as belas cores
De um altar de Amor
Mesmo que sofredores
Saem de lá com fulgor.

E se à Serreta vais
Por caminhos e canais
Abraças a devoção.

No regresso ao teu lar
Beijas o verbo amar
Com lábios de oração.

Translation:


The flowers hapiness
Brings a good smell
And take off the sadness
Of someone not well.

Who love that kindness
At the tron love sell
People with sichness
Receives her love bell.

And if at Serreta you go
By roads and channels so
You hugg the devotion.

By coming back home
You kiss love that some
With the prayer lips donation.


Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tonalidade

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 06.08.20

Nossa Senhora é a Luz
Bordada de tom dourado,
Por Milagre de Jesus
Que sempre está do Seu lado.

Flores alvas fazem jus
Ao Espírito sagrado
Da Coroa que conduz
Ao Cetro ornamentado.

Nossos passos não te cantam
Nem meus versos Te encantam
Num ano de pandemia.

Olho, à noite, o Luar,
De tarde, a Terra e o lar...
Dourados por Ti, Maria!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terra lilás

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 29.06.20

Terra lilás

 

Terra brava de carinho
Granulada na mistura
Na pacatez do meu ninho
Que limpo de má verdura.

Terra lilás como o vinho
Que se bebe com ternura;
E pra quem nos vê do caminho
Nem percebe da mistura.

Há prazeres coloridos
De laranja e tom lilás
Sempre os mais apetecidos.

Minha terra, terra minha,
Um dia te deixo atrás,
Que não te deixem sozinha.

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

Musa flor

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 26.06.20

Musa flor

Musa ampliada engana
Parece maior que eu
É única nesta semana
Linda me surpreendeu.

Quase gritei hossana!
Quando vi que ela se deu
Bem. A musa não é plana
É mais um plantio meu.

Deus ajuda a natureza
Que produz tanta beleza
Pela mão de uma mulher.

Queria ter dom de artista
Ser a capa de revista:
Musa linda, bem-me-quer!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)

31/05/2020 - 1º Bodo do Espírito Santo

por Rosa Silva ("Azoriana"), em 31.05.20

Celebra-se no coração
Este dia de sol quente...
Partilha de vinho e pão
Pela porta da nossa gente.

Não se faz Coroação
Este ano é evidente;
Que se faça a doação
De Saúde tão somente.

Ninguém se meta ao perigo
Seja familiar ou amigo
Nesta Festa de encanto.

Cumpra a regra de igualdade
Partilha é a Caridade:
Padre, Filho, Esp'irto Santo!

Rosa Silva ("Azoriana")

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Os escritos são laços que
nos unem na simplicidade
do sonho... São momentos!
Rosa Silva ("Azoriana")

DATA DA CRIAÇÃO
09/04/2004

A curiosidade aliada à
necessidade criou
o 1º artigo e continuou...
15 ANOS
2019/04/09


Não há rima para o tempo
Mas o tempo é uma rima
Que serve de passatempo
A quem o tempo estima.

in DI Domingo. Foto de António Araújo

SELO
Azoriana/Açoriana
Azoriana/Açoriana
@ 2004 etc.

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)

VISITAS
Até 2015/03/30 tinha um total de 537.867 visitas.
Doravante estatísticas in SAPO
MEO KANAL
Canal nº 855035 - Azoriana no MEO Kanal



ISSUU

MEO CLOUD

Naturalidade:

Neste espaço residem pequenos fragmentos da alma serretense.
Um residente classificou-a como sendo fresca no clima e quente na hospitalidade. É, sem dúvida, uma freguesia fresca, pequena mas com uma grande alma.

É um "Cantinho do Céu", como a autora lhe chamou num dos seus artigos publicados.
Sob o pseudónimo de Cidália Miravento e na capa de "Azoriana", Rosa Silva vai reunindo coisas suas e de outros no intuito de divulgar a freguesia que lhe deu berço - SERRETA.

Bem-vindo à Serreta, a freguesia de Nossa Senhora dos Milagres desde 1/1/1862, do concelho de Angra do Heroísmo, ilha Terceira - Açores.




Links

Dicionário

Jornal

O Blog que nos ajuda

Voz dos Açores - gravações